Mais
×

Os 10 concursos públicos mais concorridos

Concurso público é uma alternativa para profissionais jovens e experientes
Getty Images

Introdução

Os concursos públicos se tornaram uma alternativa rentável e segura para quem procura estabilidade no emprego e bons salários. No Brasil, é garantida a permanência do funcionário público aprovado por concurso e é possível engordar o orçamento com bonificações e benefícios diversos. As vantagens atraem milhares de estudantes do ensino médio e de graduação, recém-formados e profissionais experientes, que procuram cursos especializados em sua área de atuação, para garantir o melhor resultado nas provas. Esses exames geralmente incluem testes de português, atualidades e temas relacionados à carreira escolhida pelo candidato.

A Receita Federal e o Ministério da Fazenda oferecem vagas para profissionais de finanças e auditoria
Pixland/Pixland/Getty Images

Receita Federal e Ministério da Fazenda

A Receita abriu seu último processo de seleção em dezembro de 2009, no qual ofereceu 450 vagas para auditores fiscais, com remuneração de R$ 13 mil e para analistas tributários, pagando R$ 7,6 mil. Naquela época, foram 158 mil inscritos. Já o Ministério da Fazenda abriu um concurso em maio de 2013, com 255 vagas, para quem já tem ensino superior em qualquer área, como analista de finanças e controle do ministério. A remuneração gira em torno de R$ 10 mil, o que garante um alto número de inscritos.

O concurso da Polícia Federal é um dos mais concorridos do Brasil
Agência de Notícias - Polícia Federal

Polícia Federal

O concurso da Polícia Federal é um dos preferidos dos bacharéis em Direito e advogados e acontece com mais frequência que, por exemplo, as convocações da Receita e do Ministério da Fazenda. No início de maio de 2013, foi aberto um dos últimos concursos da instituição, que buscava preencher 600 vagas – 500 como agente da PF e 100 como papiloscopista. A procura foi grande: foram 119 mil inscritos, que disputavam as 600 vagas com remuneração inicial de R$ 7 mil. Meses depois, foi a vez de convocar outras 600 vagas, para escrivão, delegado e perito.

O exame de admissão da magistratura exige cursinho preparatório
Photodisc/Photodisc/Getty Images

Magistratura Estadual

Quem quer ser juiz estadual já pode começar a se preparar. Em 2013, 11 estados abriram vagas em concursos públicos, caso de Rondônia, Tocantins, Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Amazonas. Para 2014, a expectativa é que estados, como Distrito Federal, Rio de Janeiro, Paraná, Alagoa e Mato Grosso do Sul, também anunciem seus concursos. A remuneração em algumas unidades da federação pode passar dos R$ 21,5 mil. É preciso se preparar com afinco para a prova, considerada uma das mais exigentes no calendário dos concurseiros.

As vagas para o Banco Central são, na maioria, em Brasília
Banco Central do Brasil - http://www.bcb.gov.br/

Banco Central

O concurso do Banco Central, que acontece todos os anos, também é um dos mais aguardados do calendário. Em 2013, foram 400 vagas de analista, 100 de técnico e 15 de procurador, para exercer a função em Brasília. Mesmo assim, serão ministradas provas nas principais capitais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte. Para prestar o concurso e disputar as vagas de analista e procurador, é necessária a formação superior em qualquer área, com salários de R$ 12 mil e R$ 15 mil, respectivamente. Quem tem apenas o ensino médio pode tentar a vaga de técnico.

Ambas as instituições oferecem vagas na capital federal e nos estados
Brand X Pictures/Stockbyte/Getty Images

Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e Ministério da Saúde

Respeitando o calendário normal dos concursos, o edital do concurso de 2013 para o INSS foi divulgado em maio. Foram liberadas 500 vagas para analista de seguro social, com salário de R$ 6,8 mil, com benefícios adicionais como gratificação por desempenho e auxílio-alimentação. Já o Ministério da Saúde divulgou o edital do seu concurso em abril, com vagas para técnico administrativo iniciante, economista, administrador, bibliotecário, contador, engenheiro civil e engenheiro eletricista. Foram abertas vagas em todos os estados, com exceção do Amazonas. O salário inicial para esse lote de vagas do Ministério é de R$ 3,9 mil.

Os concursos de policial rodoviário e civil também figuram entre os mais cobiçados
Agência Brasil (Secretaria de Imprensa e Divulgação)

Polícia Rodoviária e Polícia Civil

A Polícia Rodoviária abriu mil vagas em âmbito federal, com destaque para as regiões de fronteira. Para 2013, foram oferecidos postos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima e Amapá. O salário inicial é de R$ 6,5 mil e o concurso fica aberto a quem tem formação superior e carteira de habilitação na categoria B. As polícias civis estaduais também ofereceram, só em 2013, cerca de 10 mil vagas, em 20 estados, e em ambos os casos a correlação candidato-vaga é superior a 30.

Para trabalhar no TCU, é preciso viver ou se mudar para Brasília
Tribunal de Contas da União - Facebook

Tribunal de Contas da União

Os concursos do Tribunal de Contas da União, sediado em Brasília, também figuram entre os mais concorridos do Brasil. Para o ano de 2013, foram oferecidas 29 vagas em nível médio, no cargo de técnico federal de controle externo. A remuneração, mais alta que a média das vagas de nível médio, começa com R$ 6,3 mil, mas pode chegar a R$ 9,3 mil. Na última seleção realizada pelo TCU, foram contadas 28.769 pessoas inscritas. Em nível superior, uma das vagas mais cobiçadas é a de auditor federal de controle externo. Foram 11 mil inscritos para a função, que tem remuneração inicial de R$ 11,2 mil, mais benefícios.

O exame para o Senado tem relação de 640 candidatos por vaga
Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Senado Federal

O concurso do Senado Federal está na lista dos mais concorridos do Brasil. Em 2013, contou com 158 mil inscritos para apenas 246 vagas – isso representa um índice de 642 candidatos por vaga. A maioria dos candidatos procura o concurso das Casas Legislativas por conta da alta remuneração, de cerca de R$ 13 mil para os cargos de técnico e policial legislativo, R$ 18 mil para analista legislativo e R$ 24 mil para consultor. Vale lembrar que, quem for aprovado nesse concurso e passar, precisa se mudar para Brasília. As provas, no entanto, acontecem na maioria das capitais estaduais.

A Câmara abre editais de seleção apenas esporadicamente; os últimos foram em 2013 e 2007
Câmara dos Deputados - Imprensa

Câmara Federal

A Câmara Federal oferece um concurso periódico para, em média, sete funções diferentes. No ano de 2013, foram oferecidas apenas 34 vagas, com remuneração inicial de R$ 12 mil. Na penúltima seleção feita pela Câmara, no ano de 2007, foram oferecidas 212 vagas com remuneração entre R$ 3,2 mil e R$ 9 mil. Para trabalhar na Câmara dos Deputados, é preciso residir (ou se realocar) em Brasília, mas as provas também são ministradas em boa parte das capitais estaduais. O concurso normalmente acontece no meio do ano.

O Ministério Público é uma das instituições mais cobiçados por jovens advogados
Keith Brofsky/Photodisc/Getty Images

Ministério Público Estadual e Federal

O Ministério Público, seja estadual ou federal, é uma das principais alternativas escolhidas por jovens advogados, recém-formados, por oferecer segurança no emprego e altos salários. Em 2013, foram abertos editais em Goiás, Maranhão, Pará, Rondônia, Acre e Rio de Janeiro. Para 2014, estão previstas convocações na Paraíba, Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco e Bahia. O último concurso do Ministério Público federal contou com 755 mil inscritos para 590 vagas, em níveis médio e superior. A remuneração ficou entre R$ 3,9 mil para técnicos, com ensino médio, e R$ 6,5 mil para analistas.