Mais
×

Como acalmar um cão agitado com epilepsia canina

Atualizada November 21, 2016

Epilepsia canina é uma doença que alguns cães têm durante suas vidas inteiras. O seu veterinário irá prescrever medicamentos para ajudar a reduzir o risco de convulsões. No entanto, mesmo com a medicação, os cães com epilepsia canina ainda têm convulsões ocasionais. Acalmar um cão epiléptico é uma parte importante do cuidadao com ele. É importante acalmá-lo após uma convulsão

Instruções

Epilepsia canina causa convulsões (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

    Sobre epilepsia canina

  1. Não se aproxime do cão no momento em que ele está tendo uma convulsão. Apenas intervenha se o cão estiver em perigo de se machucar ou se alguma outra coisa no lugar está machucando o cachorro.

    Fique distante do cachorro (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  2. Retire qualquer outro animal do ambiente onde a convulsão está ocorrendo.

    Retire outros animais do lugar (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  3. Desligue a televisão, rádio ou qualquer outra coisa que esteja fazendo barulhos. Barulhos suaves e relaxantes, como a máquina de lavar louça em execução, um ventilador soprando ou música muito tranquila é aceitável.

    Evite barulhos fortes (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  4. Espere até que a convulsão acabe.

    Espere (Comstock Images/Comstock/Getty Images)
  5. Fale suavemente e gentilmente e se aproxime do cão. Se o cão rosnar ou latir mantenha a distância até que você possa se aproximar sem ser advertido por ele.

    Se aproxime cautelosamente (George Doyle & Ciaran Griffin/Stockbyte/Getty Images)
  6. Use um pano macio para limpar a baba ou espuma do rosto do cão e em qualquer outro lugar em seu corpo.

    Limpe o cão (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  7. Afague o cão na cabeça, costas e pernas.

    Afague o cão (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  8. Sente-se e fale baixinho para ele até que o cão se levante por conta própria.

    Converse com o cão (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  9. Deixe o cão calmo, mantendo outros animais afastados. Leve-o para uma sala que seja calma e escura.

    Mantenha o animal sem estresses (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  10. Ofereça ao cão uma colher de mel. Isso fará com que o açúcar no sangue volte e pode ajudar a prevenir novos ataques.

    Dê a ele uma colher de mel (Janie Airey/Lifesize/Getty Images)
  11. Certifique-se de que há uma abundância de comida e água disponível para quando o cão se sentir com fome ou sede.

    Disponibilize comida e água (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Coisas Necessárias

  • Mel
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article