Como ajudar as crianças a lidar com problemas na família

Escrito por megan smith | Traduzido por ale grassi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ajudar as crianças a lidar com problemas na família
Seja honesto com seu filho quando sua família estiver passando por problemas (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

Embora crianças muitas vezes não consigam entender muitos dos problemas que as famílias passam, como o divórcio, alcoolismo, drogas, morte de um membro ou dificuldades financeiras, estes problemas podem afetá-las da mesma maneira. Se sua família estiver passando por problemas, é melhor falar com seu filho sobre o assunto em vez de fingir que nada está acontecendo. Crianças entendem mais do que seus pais pensam, e por este motivo, encarar um problema de frente pode ajudar a criança a lidar melhor com ele.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Converse com seu filho antes que ele comece a fazer perguntas, especialmente se ele notar mudanças ou estresse. Começar a conversa cedo pode evitar que ele se rebele ou se estresse com a situação.

  2. 2

    Seja o mais honesto possível com a criança. Por exemplo, se estiver passando por problemas no casamento devido a traição, detalhes não são necessários. Simplesmente diga que você está tendo dificuldade com seu parceiro e que isto às vezes acontece em casamentos. Se estiver tentando resolver, conte para ele. Se não, diga que terão que viver separados, mas que sempre serão uma família. Da mesma maneira, se estiver passando por problemas financeiros, ele não precisa saber o valor do débito. Simplesmente diga que terá que fazer alguns cortes e trabalhar mais para ganhar mais dinheiro, mas que ele sempre terá o necessário.

  3. 3

    Evite causar mais pânico ou preocupações na criança. Seja honesto a respeito do problema, mas converse como se tudo estivesse sobre controle e logo ficará bem. Manter a criança calma é importante, mesmo que você não se sinta desta maneira.

  4. 4

    Deixe a criança fazer quantas perguntas quiser e seja o mais honesto possível. Não dê esperanças irreais dizendo que tudo voltará ao normal em uma data específica caso não tenha certeza de que seja verdade.

  5. 5

    Deixe o assunto em aberto para que ele continue a fazer perguntas em outras ocasiões caso precise conversar novamente com você. Fazer do assunto um tabu só fará com que ele se preocupe mais com o problema e se sinta desconectado da família.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível