Mais
×

Como se alimentar após a remoção da vesícula biliar

Atualizado em 23 março, 2017

Remover sua vesícula biliar pode levar a grandes mudanças em seu estilo de vida. Muitos alimentos que você costumava comer podem causar dor ou desconforto após a cirurgia. Isso acontece porque seu corpo não é capaz de processar alguns alimentos no começo, o que pode causar vários problemas digestivos enquanto o organismo tenta se adaptar. Usando o bom senso, você deve ser capaz de minimizar esses episódios e manter seu trato digestivo em equilíbrio enquanto ele se ajusta para funcionar sem a vesícula biliar.

Instruções

Como comer após uma cirurgia de remoção da vesícula biliar (lettuce image by carol lynch from Fotolia.com)
  1. Entenda que alguns problemas de vesícula biliar são originalmente piorados por dietas ricas em alimentos que desequilibram a própria bílis. Enquanto seu corpo se ajusta para funcionar sem uma vesícula biliar, é ainda mais importante evitar esses alimentos.

  2. Evite alimentos que possuam muita gordura ou sejam muito ácidos. Até que seu corpo tenha tido tempo de cicatrizar e se ajustar, fique longe de carnes vermelhas ou suínas, manteiga, alimentos fritos, laticínios e ovos. Quanto às bebidas, evite sucos de frutas (exceto o de uva e de maçã) e tudo que for cafeinado, alcoólico ou gaseificado. Mesmo o café descafeinado e o chá devem ser evitados.

  3. Inclua em sua dieta alimentos que promovam a boa saúde de seu sistema biliar e do sistema digestivo em geral. Fontes de fibra, como alface e grãos, são maravilhosas, assim como frutas e vegetais ricos em vitaminas, como beterrabas, tomates, pepinos, abacates, uvas e cenouras. Aumente seus níveis de fibra lentamente. Alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3, como óleo de semente de linha e salmão, também são benéficos quando ingeridos em pequenas quantidades.

  4. Espere fazer parte dos 60% de pessoas que não sofrem problemas adicionais após se recuperarem da remoção da vesícula biliar. Os outros 40% podem apresentar inchaço, acúmulo de gases ou desconforto por semanas ou meses após a recuperação, sempre que comem alimentos similares àqueles já mencionados. Dê a si mesmo de duas a quatro semanas após todos os sinais físicos da cirurgia terem cicatrizado antes de tentar reintroduzir esses alimentos em sua dieta. Faça isso de forma lenta e em pequenas quantidades.

  5. Comer refeições menores durante o dia a intervalos regulares pode ajudar seu corpo a regular a produção da bílis.

Dicas

  • Se você consumia uma dieta rica em alimentos problemáticos antes da cirurgia, faça um esforço para evitar voltar a esses hábitos extremos. Quando ingeridos em excesso, esses alimentos podem causar outros problemas digestivos.
  • Entre em contato com seu médico imediatamente se sentir qualquer dor anormal ou outros problemas durante a recuperação.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article