Alimentos ricos em lisina

Escrito por susan elliott Google | Traduzido por ale grassi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Alimentos ricos em lisina
Bife bovino é uma fonte rica em lisina (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

A lisina é um dos oito aminoácidos essenciais ao organismo e é um bloco de construção de proteínas importante para uma boa saúde. No entanto, por ser um aminoácido, o corpo não é capaz de produzi-lo naturalmente. Ela deve ser introduzida no corpo através dos alimentos ou suplementos. Existem vários alimentos ricos em lisina que devem ser incluídos na sua dieta diária.

Outras pessoas estão lendo

Benefícios

A lisina auxilia no desenvolvimento físico. De acordo com o centro médico da Universidade de Maryland, ela exerce um papel essencial na produção de carnitina, um nutriente responsável por converter ácidos graxos em energia e por diminuir o colesterol.

Essencial na ajuda de absorção e conservação de cálcio pelo organismo, ela ajuda também na formação de colágeno, composto necessário para obter ossos, tendões, cartilagem e pele saudáveis.

Alimentos ricos em lisina
A lisina ajuda o organismo a formar colágeno, que é necessário para ter ossos, tendões, cartilagem e pele saudáveis (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Alimentos com lisina

Selecione alimentos que sejam ricos em proteína para a melhor opção de lisina. Carnes vermelhas possuem um teor mais alto de lisina, no entanto, carnes de porco e frango também possuem. O queijo parmesão contém uma quantidade benéfica de lisina. Outros alimentos incluem bacalhau, sardinhas, nozes, ovos, soja, tofu, farinha de soja e semente de feno grego.

Alimentos ricos em lisina
Carnes de boi, frango e porco (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Alimentos que devem ser evitados

Alguns alimentos inibem a absorção de lisina. Muitos assados dificultam o processo. Alimentos como donuts, biscoitos e alguns cereais devem ser evitados, especialmente se seu organismo estiver sofrendo uma ausência de lisina. Uma dieta composta por estes produtos e açúcares similares pode impedi-lo de obter os melhores benefícios da lisina.

Alimentos ricos em lisina
Qualquer assado dificulta o processo de absorção de lisina (ITStock Free/Polka Dot/Getty Images)

Ausência de lisina

A ausência de lisina não é um problema muito comum, embora pessoas extremamente atléticas ou estritamente vegetarianas possam desenvolvê-lo. Os sinais da falta de lisina incluem pedras nos rins, fadiga, náusea, tontura, perda do apetite, agitação, vermelhidão nos olhos, atraso no crescimento, anemia e distúrbios reprodutivos. Antes de tomar suplementos, é importante consultar um médico caso quaisquer destes sintomas sejam visíveis.

Atletas com baixo teor de lisina devem adicionar mais fontes de proteína derivada da carne em suas dietas. Vegetarianos devem adicionar legumes como o feijão, ervilha, lentilha e soja para aumentar a ingestão de lisina.

Alimentos ricos em lisina
Pessoas extremamente atléticas ou estritamente vegetarianas podem ter escassez de lisina (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Uso

Ingerir alimentos ricos em lisina pode ajudar no alívio de vários problemas de saúde, ao passo que tomar um suplemento pode fornecer ainda mais. Ela pode ser benéfica no tratamento de herpes, osteoporose, inflamação, dor decorrente da episiotomia, enxaqueca e menstruações dolorosas.

Alimentos ricos em lisina
Suplementos de lisina podem ser benéficos no tratamento de vários problemas de saúde (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível