Como aliviar a displasia no quadril de um cão naturalmente

Escrito por contributing writer | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aliviar a displasia no quadril de um cão naturalmente
Raças grandes e de rápido crescimento, como Boxers e São Bernardos são mais suscetíveis a essa doença (http://www.luxuryhousingtrends.com/archives/jentle-pet-hot-tub-for-dogs.jpg,http://www.freshdelmonte.com/Cms400Scripts/uploadedImages/Our_Products/Whole_Produce/potato_tomato_onion_copyint.gif, http://puppydogweb.com/gallery/saintbernards/saintbernard_ashton.jpg)

A displasia no quadril ocorre quando as juntas perdem cartilagem, desenvolvem formações ósseas e se inflamam. Quando a condição acomete o cão, pouco pode ser feito em termos de reparar o dano causado. Contudo, você pode suavizar a dor causada pela doença, dando ao seu cão uma vida mais alegre e produtiva. Se não quiser medicar seu animal, use remédios naturais para a displasia. Os especialistas da área acreditam que algumas opções podem até ser preventivas, se você administrá-las antes de o problema acontecer.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Carne orgânica
  • Mix de vegetais (sem batatas e tomates)
  • Trigo
  • Cenouras
  • Alfafa
  • Óleo de prímula
  • Pastilhas de glicosamina

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limite o crescimento de seu cão. Cachorros naturalmente grandes que cresçam muito rapidamente, entre as idades de 4 e 9 meses, têm mais chances de desenvolver esse problema e sofrer pelo resto das vidas. Muitos veterinários acreditam que limitar o crescimento durante esse período -- mesmo que eles acabem crescendo depois -- pode ajudar a diminuir a tensão nas juntas. Alimentos orgânicos e preparados em casa com altos conteúdos de carne e trigo podem ajudar a desacelerar o crescimento sem machucar o cão. Nunca tente fazer isso sem a supervisão de um veterinário, pois filhotes -- ainda mais de raça pura -- tem maior propensão a desenvolver complicações de saúde sérias se não comerem o suficiente.

  2. 2

    Certifique-se de que o cão esteja comendo os vegetais. Cenouras e outros vegetais não têm propriedades restaurativas, mas muitos veterinários acreditam que uma dieta com altos índices de vegetais pode ajudar a fortalecer os ossos do animal contra lesões relacionadas à idade e problemas hereditários.

  3. 3

    Acrescente óleo de prímula e alfafa à lista de petiscos do cão. Esses suplementos têm propriedades anti-inflamatórias que ajudam a aliviar a dor nas juntas do cachorro, permitindo que ele se movimente com mais liberdade e curta a vida. Consulte um veterinário para determinar a dose adequada para o animal.

  4. 4

    Dê glicosamina para o cachorro. Foi provado que essa substância restaura cartilagens lesionadas em animais e humanos. Muitas pessoas a tomam para as juntas, e seu cachorro pode tomar algumas pílulas também. Consulte o veterinário para verificar as doses.

  5. 5

    Considere terapias alternativas. Veterinários holísticos recomendam massagem, acupuntura, acupressão e aromaterapia para ajudar a aliviar a dor e estresse ocasionados pela displasia no quadril. Alguns cães são muito receptivos a esse tipo de tratamento e até aparentam gostar deles, enquanto outros detestam. Trabalhe em conjunto com o veterinário para determinar se esses tratamentos são adequados para seu cãozinho.

    Como aliviar a displasia no quadril de um cão naturalmente
    Tratamentos alternativos podem ajudar

Dicas & Advertências

  • Se suspeitar de que seu cão tenha displasia no quadril ou tenha a chance de desenvolvê-la, fale imediatamente com seu veterinário. Não trate seu bichinho sem um acompanhamento profissional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível