O que é auto tune

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é auto tune
O auto tune é um programa popular na indústria musical (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

Programa aplicado para corrigir problemas vocais, o auto tune é usado na indústria musical tanto por artistas iniciantes quanto pelas celebridades. Esse processador de áudio foi criado no ano de 1994 pela empresa norte-americana Antares Audio Technologies. Na ocasião, o programa foi considerado revolucionário por permitir correções nas performances vocais dos artistas e também nos instrumentos dos músicos. De lá pra cá, o auto tune se consolidou como um software indispensável utilizado por produtores musicais de todo o mundo. Mas também ainda gera bastante controvérsia. Muitos artistas e produtores acusam o programa de distorcer a voz original dos artistas, gerando um som que não é natural.

Outras pessoas estão lendo

Uso do auto tune

Desde que foi criado, o programa tem sido usado para disfarçar erros e quaisquer tipos de imprecisões nas vozes dos artistas. Seria uma forma de deixar as vozes mais limpas e precisas, sem ruídos ou eventuais desafinos. Além disso, o software regula a altura do som e redesenha a voz do cantor, distorcendo-a até deixá-la com um aspecto eletrônico. Não é à toa que o programa é um dos preferidos em estilos de música eletrônica como o techno e o trance.

Popularização

O auto tune se popularizou principalmente depois do lançamento da música "Believe", da cantora Cher. Nessa canção, é possível perceber claramente o som robótico criado pelo programa. Tocada em bares, discotecas e casas noturnas em todo o mundo, "Believe" foi um sucesso imediato. Em pouco tempo, virou o hit mais famoso da cantora e um dos mais vendidos singles de todos os tempos. Tamanho sucesso chamou a atenção da indústria musical para os efeitos de pós-produção de áudio. O auto tune passou a ser adotado nas mesas de áudio dos mais diversos artistas, mas ficou conhecido mesmo como "efeito Cher"

Defensores do programa

O uso do programa não é perceptível à maioria das ouvintes. Costumeiramente, ele é aplicado apenas em algumas palavras das músicas. A intenção é deixar o conjunto mais harmônico e livre de imperfeições que a maioria dos artistas comete após horas intensas de gravação. Defensores do auto tune afirmam que o desgaste de voz é natural e deve ser corrigido na pós-produção. Cantoras como Miley Cyrus e Avril Lavigne, assim como a maioria dos cantores pop da atualidade, usam o programa para pequenas correções vocais em suas gravações.

Críticos do programa

Já os críticos acreditam que certo tipo de imperfeição na voz faz parte da natureza do meio musical. O cantor canadense Michael Bublé, por exemplo, é um dos inimigos declarados do auto tune. Segundo ele, nosso ouvido se tornou mais sensível à perfeição graças a programas de pós-produção. Adele, vencedora de nove Grammys, o maior prêmio da indústria musical internacional, também se recusa a utilizar o auto tune em seu trabalho. A brasileira Maria Rita também não permite programas de correção de voz em seu trabalho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível