Branqueamento da pelagem do Maltês

Escrito por kristie bishopp | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Branqueamento da pelagem do Maltês
O branqueamento das manchas de lágrima de um Maltês também envolve o tratamento do problema que as causou (Ryan McVay/Lifesize/Getty Images)

Um dos cães de companhia predileto da riqueza dos tempos greco-romanos, o pequenino Maltês continua popular por sua beleza e natureza brincalhona. Entretanto, sua pelagem branca requer cuidados, banhos frequentes e uma higiene primorosa. O Maltês é particularmente suscetível a manchas na pata, bem como à coloração marrom-avermelhada da lágrima na face. Contrastando com a pelagem branca do cão, essas manchas podem parecer renitentes e pouco atraentes -- podendo até indicar uma condição médica. O branqueamento dos pelos manchados envolve o tratamento da causa e da mancha.

Outras pessoas estão lendo

Coloração relacionada a doenças

Assim como os humanos, os cães produzem lágrimas excessivas em resposta a irritações e a certas condições médicas. Infecções de ouvido, bloqueio dos ductos lacrimais, alergias e pulgas podem provocar a produção de mais lágrimas, deixando a pelagem úmida. Os pelos sempre úmidos geram bactérias e o fungo vermelho responsável pela descoloração sob os olhos. Após resolver o problema médico, as lágrimas se reduzirão. A manchas também aparentarão melhora como resultado de uma pelagem mais branca.

Tratamento da doença

Um veterinário pode prescrever antibióticos e lavagens para tratar as infecções de ouvido. Você pode encontrar muitos remédios para pulgas em pet shops. Além disso, o veterinário também pode determinar se os ductos auditivos do animal estão entupidos ou bloqueados. A irrigação limpará um ducto obstruído. Todavia, muitos cãezinhos como os malteses nascem com os ductos lacrimais fisicamente fechados, podendo ser necessária uma cirurgia para sua abertura. Os malteses também podem reagir a certos alérgenos sazonais e a substâncias químicas, como o xampu, fumaça de cigarro ou até a um tipo de alimento. A eliminação dos alérgenos em potencial ajudará a identificar o culpado. Assim, o proprietário será capaz de reduzir a exposição do cão a eles.

Causas benignas

Um filhote de Maltês pode exibir manchas na face decorrentes da amamentação, da irrupção de novos dentes ou por a mãe ficar constantemente limpando sua face com a língua. Assim como os humanos são mais propensos a ter os olhos lacrimejantes, alguns cães também são. Alguns criadores de malteses acreditam que a genética provoque mais lacrimejamento neste cão do que em outros. Contudo, as manchas ao redor da barba e da face podem ser decorrentes de corantes ou substâncias químicas no alimento ou nos petiscos que você oferece para seu cão. Além disso, o pelo longo de um Maltês tem a tendência de cair em seu rosto, manchando-se pelo contato com alimentos ou com a umidade das lágrimas.

Remédios para causas benignas

À medida que um filhote cresce, a umidade facial da amamentação, a irrupção de dentes e os cuidados maternos deixarão de ser um problema, e a pelagem branqueará gradualmente. O lacrimejamento excessivo causado pela genética pode ser tratado com colírios, com antibióticos, ou com a mudança dos suplementos dietéticos. Consulte um veterinário antes de oferecer ao Maltês um suplemento de carbonato de cálcio, um componente comum em certos antiácidos para alterar o pH das lágrimas. Muitas vezes, é possível ministrar por via oral metade de um comprimido de 500 miligramas do próprio antiácido, duas vezes ao dia. Caso contrário, considere a adição de uma colher de sopa de vinagre branco ao bebedouro de água do cão. No caso de manchas na boca e na barba, considere a aquisição de alimentos caninos isentos de conservantes e corantes. Para evitar que as manchas nos olhos e na barba se espalhem para o tufo de pelos caído sobre os olhos, apare-o ou prenda-o com elástico, um estilo comum dos malteses.

Tratamento das manchas

Além da limpeza diária dos olhos e o banho regular do Maltês, aplique branqueadores especiais para clarear as manchas. Os branqueadores em gel, especialmente formulados para manchas de lágrimas em cães, encontram-se disponíveis em pet shops, assim como alguns xampus caninos contendo branqueadores leves. Uma alternativa é fazer um remédio caseiro comum, consistido de partes iguais de amido de milho, leite de magnésio e peróxido. Outro remédio caseiro a ser tentado: misture metade de um limão suculento e metade de bicarbonato de sódio. Ambos formam uma pasta. Trabalhe cuidadosamente a pasta na mancha, deixando-a assentar por vários minutos, e depois enxágue. Tenha o cuidado de manter qualquer fórmula branqueadora longe dos olhos do cão. As manchas dos pelos da pata causadas por urina ou lama, também podem ser reduzidas com o banho e até eliminadas com o uso das formulações branqueadoras.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível