O que são brotos laterais em uma planta de tomate?

Escrito por bonnie grant | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 O que são brotos laterais em uma planta de tomate?
Os brotos laterais podem fazer com que uma planta de tomate gaste energia com um novo crescimento em vez da produção de frutas (Tomatenpflanze, tomato plant image by Cornelia Pithart from Fotolia.com)

Os tomates são um fruto comumente cultivado na horta em casa. Os cultivadores de tomate têm diversas opiniões sobre o cuidado correto, melhores variedades e hábitos. Debates são travados sobre os benefícios de um determinado fertilizante, método de estacamento e se devemos ou não podar um tomate. A poda do tomate é geralmente limitada a remover os brotos laterais para incentivar o crescimento de tomates maiores. A remoção desses brotos laterais não é necessária, mas evita que a planta fique cheia e que a energia seja gasta em ramos que não irão produzir.

Outras pessoas estão lendo

Determinado e indeterminado

Podar ou não os brotos laterais é uma preferência pessoal, mas também depende de que tipo de tomate está sendo cultivado. Determinados tipos são mais espessos e raramente exigem tutoramento, pois formam flores nas pontas dos ramos terminais. Isso interrompe o crescimento da planta para cima. Plantas indeterminadas são mais laterais no hábito e incluem as variedades mais antigas. O tipo indeterminado é mais propenso a formar brotos laterais que farão com que as vinhas obtidas sejam esparsas e produzam frutos menores.

O que é um broto lateral?

O broto lateral é simplesmente um crescimento novo em "V" em que uma primeira folha sai do ramo paternal. Esta poderia ser a videira principal ou outro ramo grande. O broto lateral é pequeno e fino e é fácil de beliscar ou ser removido. Deixá-lo na planta não prejudicará o tomate e produzirá uma planta mais espessa. Eis por que alguns jardineiros deixam-no a fim de que haja mais folhagem para produzir açúcares de planta. O crescimento extra pode aglomerar os botões florais e frutos resultantes, razão pela qual alguns jardineiros os removem. Cabe a você escolher um caminho para cultivar os tomates.

Podar ou beliscar

Use tesouras de jardim ou podadores para remover o crescimento secundário de brotos laterais manualmente. Todo instrumento que for usado deve estar limpo para evitar a propagação de doenças e patógenos. Não é necessário remover cada broto lateral, mas nas vinhas que têm um bom começo é recomendável permitir que ele preencha e cresça mais espesso. A vinha com pouco crescimento pode exigir que os brotos laterais permaneçam para preencher a folhagem. Use seu julgamento sobre quais e quantos brotos laterais devem ser podados. Corte o broto lateral que estiver ligado ao ramo paternal no V. Não corte o ramo paternal ou os primeiros ramos de crescimento.

Treinamento

A poda é apenas uma parte do cuidado de tomate. O treinamento é provavelmente o aspecto mais importante; use treliças, gaiolas ou qualquer outra estrutura vertical. Forneça uma estrutura de grande apoio e com abundância de buracos grandes para alimentar a videira. Os tomates mais determinados crescem entre 1 m a 1,5 m de altura, enquanto as variedades indeterminadas podem crescer até 2 m. Adicione o peso do fruto e você pode ver que é necessária uma estrutura muito resistente. Podem-se também usar estacas com barbante amarrado através de várias camadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível