Dicas para a poda de pinheiros

Escrito por peg robinson | Traduzido por clara lee
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para a poda de pinheiros
É preciso ter cuidado para aparar um pinheiro (Comstock/Comstock/Getty Images)

A maioria das árvores perenes são podadas no término do seu período de crescimento, no final do verão até o outono. Os pinheiros, no entanto, devido a um padrão de crescimento diferente, são melhor aparados no final da primavera ou início do verão. Mesmo assim, deve-se ter cuidado para determinar o desenvolvimento de novos brotos, chamados "velas". Os pinheiros não são bons para qualquer tipo de poda, um corte mal feito pode levar a um pinheiro disforme.

Outras pessoas estão lendo

Aparar pinheiros para ganharem forma e densidade

Os pinheiros são belas árvores perenes, admirados por muitas culturas e encontrados no mundo todo. Eles são, no entanto, difíceis de podar. Enquanto muitas árvores decíduas e até mesmo algumas perenes afloram um novo broto na madeira velha com facilidade, os pinheiros tendem a crescer das pontas para fora e resistem em lançar um novo broto na madeira velha de temporadas estações. Eles crescem a partir de espirais na ponta do seu novo broto, os espirais podem atingir a maturidade ou ser cortadas curtos. Qualquer uma das opções vai determinar o comprimento final do novo broto para esse ano.

Com isso em mente, há, claramente, apenas um bom momento para podar um pinheiro para conseguir altura, forma e densidade na ramificação e na folhagem: quando aflora um novo broto.

Velas

Os brotos em pinheiros são chamados de "velas", pelo simples fato de que na maioria das espécies eles parecem velas de cor clara crescendo nas pontas dos ramos e no topo das árvores. Às vezes, elas se parecem com as velas elegantes em uma mesa. Nas primeiras fases podem parecer tão finas e pequenas quanto as velas de um bolo de aniversário. No entanto, são fáceis de notar durante as estações de crescimento. Elas tendem a formar grupos, são de uma cor mais clara do que os brotos mais antigos, as folhas são mais curtas e as velas não são cheias de galhos com folhas abertas e macias.

Para controlar a duração do crescimento durante o ano, criar maior densidade e alterar a forma de árvore, as velas devem ser aparadas. Mas não deve-se simplesmente pegar tesouras e cortar aleatoriamente. Sem um pouco de conhecimento você pode criar uma confusão que vai durar por toda a vida do pinheiro.

A arte de aparar

Algumas das melhores informações sobre como e por que aparar pinheiros de modo particular podem ser encontradas em publicações sobre a arte do bonsai. Como o esforço feito para moldar um pinheiro em miniatura é tão preciso, a informação é excelente e pode ser aplicada sem tanto rigor a uma árvore maior.

As duas técnicas do bonsai que podem ser melhor aplicadas aos pinheiros são a "remoção de brotos" e a "remoção de velas". Durante o final do inverno e o início da primavera brotos são formados nas pontas dos ramos do pinheiro e depois se transformarão em velas. Esses botões parecem pequenas sementes de maçã. Eles formam grupos e são facilmente identificáveis. Para controlar a densidade do crescimento, remova os brotos mais fortes em áreas onde a árvore já é muito grande e densa, e onde o crescimento é mais fraco, retire os brotos mais fracos deixando os fortes no lugar. Isso irá permitir que a árvore fique mais balanceada, mantendo sua densidade e peso em equilíbrio.

Poda de velas apropriada

Algumas semanas depois, quando os brotos estiverem se transformando em velas, é hora de começar a pensar em apará-las. Existem dois modos principais de fazê-lo: um, a remoção completa, o que deve ser feito quando se torna evidente que há um grande crescimento ou um crescimento desigual em uma parte da árvore, ou dois, somente aparar a vela.

A segunda técnica oferece um enorme controle sobre a forma e o estilo da árvore. Se você desejar mais densidade, apare as velas na fase inicial de crescimento, antes que as folhas estejam totalmente formadas. Cortar ou arrancar a ponta da vela finaliza o crescimento daquele ano e define onde o crescimento do próximo ano começará. Dependendo de quanto deseja que um ramo cresça durante este ano e da densidade que deseja nas folhas em relação ao ramo, você vai arrancar as pontas mais cedo ou mais tarde no ciclo de crescimento - ou deixar a vela totalmente sem cortes.

Uma poda feita cedo, antes que as agulhas estejam totalmente formadas, levará à formação de uma ramo muito curto e atrofiado. As folhas se formarão na base, e o crescimento daquele ano acabará onde você cortou. Uma poda mais tardia permite que as folhas se formem mais altas no ramo e apresenta um período maior do crescimento. Deixar o ramo sem aparar permite que o novo broto atinja o comprimento máximo que a natureza e o clima permitirem.

O topo da árvore

Se você já comprou uma árvore de Natal, há uma boa chance de você ter visto o resultado de um corte de topo mal feito: um deformado e embaraçado nó de ramos agrupados em torno de um toco curto e morto, com um ou mais ramos laterais lutando para se tornar o novo líder central.

Se você precisa podar o topo de um pinheiro, terá que ter cuidado com suas escolhas. Cortar a vela do ramo central do pinheiro - o pico onde colocamos uma estrela ou anjo no Natal - forçará novos ramos laterais a se desenvolverem para substituir esse ramo líder. Se estiver lidando com uma árvore muito jovem, aparar a vela central pode levar a uma árvore mais densa. Em uma árvore mais velha, pode levar a um súbito e perturbador aumento de densidade de uma árvore que tinha menos ramos.

Os pinheiros são árvores bonitas. Podados ou não podem ser verdadeiras joias na paisagem. Mas se você quiser podar seus pinheiros dedique um tempo para estudar sobre o assunto e certifique-se de que está agindo com prudência e planejamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível