Como calcular a molaridade em padronizações

Escrito por sean lancaster | Traduzido por joanna riva
Como calcular a molaridade em padronizações

Aprenda a padronizar um reagente através de titulação ácido-base

Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images

A padronização de uma amostra é realizada para se determinar sua molaridade. Um ácido padrão primário conhecido fornece uma quantidade conhecida do produto através do seu peso. No ponto final da titulação, a quantidade de ácido presente se iguala à quantidade de base adicionada da solução. Ao converter o peso do ácido padrão primário ao seu número de mols, você pode calcular a molaridade de uma base desconhecida ao saber o volume de base necessário para igualar à quantidade de ácido.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Ácido padrão primário
  • Bureta

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Pese e registre o peso de uma pequena quantidade de padrão primário, utilizando uma balança analítica.

  2. 2

    Converta o peso do padrão primário em mols. Um padrão primário comum na padronização de soluções básicas é o hidrogenoftalato de potássio (KHP). A massa molecular do KHP é de 204,2 g, portanto, para calcular o número de mols, divida o peso por esse valor.

  3. 3

    Dissolva a amostra de KHP pesada em 25 ml de água e titule com a solução básica desconhecida. Quando o indicador ácido-base começar a mudar de cor, se atingiu o ponto final.

  4. 4

    Anote o volume na bureta necessário para se atingir o ponto final. Faça a leitura da bureta com os olhos ao nível da concavidade (menisco) do líquido. Leia o volume na parte inferior do menisco.

  5. 5

    Calcule o número de mols de base que foi necessário para se atingir o ponto final, no qual a quantidade de ácido é igual à de base. O número de mols da base no ponto final é igual ao número de mols de KHP no início da titulação.

  6. 6

    Calcule o número de litros de base necessário para se atingir o ponto final. Converta para litros o número de ml indicado na bureta ao multiplicá-lo por 1 L / 1000 ml.

  7. 7

    Determine a molaridade da solução básica através da equação da molaridade: Molaridade = mols / litros = mols KHP / litros de base.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media