Cantoras populares japonesas dos anos 80

Escrito por will howard | Traduzido por joão marcos lima medina rosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cantoras populares japonesas dos anos 80
Os estilos musicais do Japão carregam uma clara influência ocidental, incluindo músicas com guitarra (guitar - machine head image by Chris Edwards from Fotolia.com)

A música popular japonesa, também conhecida como "J-pop", é um estilo de música influenciada pelo pop ocidental que nos remete ao começo do século 20. Ela abrange um grande campo de estilos musicais, incluindo dance, soul e rock n' roll. Durante os anos 80, Tokyo, a capital do Japão, serviu de centro para esse tipo de música. Durante essa década, as paradas musicais estavam repletas de cantoras pop japonesas.

Outras pessoas estão lendo

Anri

Durante os anos 80, a cantora japonesa Anri foi a cantora principal e compositora de canções J-pop. De fato, ela lançou 15 álbuns naquela época, muitos dos quais foram grandes sucessos. Ela é particularmente conhecida pela mistura de estilos ocidentais em sua música, e sua projeção internacional a levou até a fazer uma turnê pelo Havaí. Seu estilo continua vivo, tendo até uma música apresentada no jogo "Dance, Dance Revolution".

Mariya Takeuchi

A cantora e compositora Mariya Takeuchi foi outra cantora japonesa que fez sucesso nos anos 80. Ela lançou seis álbuns durante essa década, três dos quais saltaram para a primeira posição nas paradas. Ela também lançou 14 singles durante esse período e se tornou popular em parte por compor suas próprias letras. Um de seus maiores sucessos durante esse período foi "Fushigi na Piichi Pai" (Misteriosa torta de pêssego). Ela continua a gravar e lançou, até 2008, 11 álbuns de estúdio.

Yoko Ono

Mais conhecida pelo seu casamento com John Lennon, Yoko Ono também foi uma respeitada artista musical por seus próprios méritos e lançou vários álbuns bem-sucedidos nos anos 80. Dentre eles se inclui "Double Fantasy", que alcançou o primeiro lugar nas paradas musicais e foi considerado pela revista Rolling Stone um dos melhores álbuns dos anos 80. Durante esse mesmo período, Ono lançou seis singles e foi objeto de um álbum tributo ("Every Man Has a Woman").

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível