As características físicas, sociais e emocionais de estudantes do ensino médio

Escrito por flora richards-gustafson Google | Traduzido por francine silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
As características físicas, sociais e emocionais de estudantes do ensino médio
Quando um adolescente age de forma difícil, ele pode estar testando suas novas habilidades desenvolvidas (monkeybusinessimages/iStock/Getty Images)

Como na infância, os anos da adolescência são uma fase quando grandes passos no desenvolvimento são feitos em um período relativamente curto. O cérebro, os hormônios e o corpo em desenvolvimento de um adolescente podem fazer os anos do ensino médio parecerem turbulentos. Ao entender as características dos adolescentes e as mudanças que eles passam, os pais podem apoiar o seu filho a desenvolver uma identidade própria e se tornar mais independente.

Desenvolvimento cerebral

Durante os anos no ensino médio, as mudanças no cérebro afetam as características emocionais e sociais de um adolescente. A Associação Psicológica Americana afirma que os jovens desenvolvem as habilidades cognitivas que os possibilita raciocinar abstratamente durante a adolescência. O desenvolvimento do prosencéfalo, que inclui o sistema límbico e o cérebro, é responsável pela memória, as emoções e as capacidades, como o raciocínio e a avaliação. Segundo a Universidade John Hopkins, as mudanças no cérebro associadas com a adolescência continuam até cerca dos 25 anos. Como o cérebro e o corpo se desenvolvem em ritmos diferentes, durante os anos no ensino médio, o corpo de um adolescente pode estar quase completamente desenvolvido, embora o cérebro ainda precise amadurecer.

Características físicas

Entre os 15 e 19 anos, as garotas desenvolvem-se fisicamente e completamente. Os garotos continuam a se desenvolver fisicamente depois da formatura no ensino médio. Durante os anos no ensino médio, as mudanças hormonais causam o aumento no peso e na altura, mudanças no aspecto da pele, crescimento de cabelo no corpo e aumentos na apetite. A Universidade John Hopkins afirma que a alimentação durante o final da adolescência torna-se irregular. Por exemplo, um adolescente pode pular refeições ou comer tarde da noite. Enquanto os garotos continuam a se desenvolver, suas vozes engrossam e eles começam a ter pelos no rosto.

Características sociais

Enquanto o cérebro de um adolescente se desenvolve cognitivamente, ele obtém consciência social quando descobre novas formas de se relacionar aos pais, colegas e outros. Além disso, enquanto fazem a transição para a vida adulta, eles testam limites e experimentam novos comportamentos. No ensino médio, eles começam a passar menos tempo com a família e mais com os amigos. A Universidade John Hopkins afirma que é normal que os adolescentes sejam influenciados por seus amigos e colegas em relação a atitudes, roupas e comportamentos na escola. No entanto, a família de um aluno de ensino médio tem mais influência nas tomadas de decisão, nos valores fundamentais e no uso de drogas e álcool.

Características emocionais

As mudanças emocionais que os jovens passam durante o ensino médio os ajudam a ganhar uma noção de "eu" e a descobrir o que eles querem fazer no futuro, segundo a Associação Psicológica Americana. À medida que as habilidades cognitivas melhoram, os adolescentes obtêm a habilidade de ter mais empatia com os outros. Eles formam uma noção de auto-identidade enquanto testam suas novas habilidades de comunicação desenvolvidas, exploram novos interesses e consideram o futuro. A Associação Psicológica Americana afirma que a autoestima de um adolescente pode permanecer estável, piorar ou piorar constantemente durante os anos no ensino médio.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível