Características das moscas

Escrito por mary sharp | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Características das moscas
Moscas têm pêlos minúsculos em seus corpos que elas usam para detectar alterações em seu ambiente (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As moscas verdadeiras são membros da família dos insetos Dípteros. Essa família inclui mosquitos, mutucas, moscas-varejeiras, mosca de cervos e as calliphoridae. A mais comum delas é a mosca doméstica, ou Musca domestica. As moscas possuem muitas partes do corpo especializadas que as ajudam a ver, voar e subir em superfícies verticais.

Outras pessoas estão lendo

Corpo segmentado

Todas as espécies de moscas têm um corpo segmentado com três partes principais: cabeça, abdômen e tórax. O tórax é a porção média do corpo e o abdômen é a final. O corpo inteiro de uma mosca tem uma superfície externa dura, chamada de exoesqueleto, que serve para proteger os órgãos internos. Quando completamente crescida, a maioria das moscas possuem aproximadamente 0,65 cm a 1,25 cm de comprimento e a envergadura mede aproximadamente de 13 mm a 15 mm.

Pernas

As moscas têm três pares de pernas articuladas que são ligadas ao tórax. Cada perna tem cinco segmentos: coxa, fêmur, tíbia, trocânter e tarso. O segmento inferior da perna, o tarso, possui duas garras pequenas e uma almofada com pêlos pequenos glandulares. As garras e pelos permitem à mosca grudar em superfícies de lado ou de cabeça para baixo.

Olhos

A mosca tem dois olhos compostos grandes, um em cada lado da cabeça. Eles são na cor marrom roxa. A superfície de cada olho é dividida em 400 facetas diferentes, permitindo que as moscas vejam em 360 graus. Elas conseguem ver um mosaico de uma cena, ao invés de uma cena completa, quando olham para algo.

Asas

As asas das moscas são transparentes e possuem um sistema de veias e cristas que oferecem suporte. Essas veias fornecem sangue e oxigênio para as asas em desenvolvimento durante a fase larval da mosca. Ela pode voar até 50 km por hora e bater as asas mais de 200 vezes por minuto. Existem pequenos pêlos na superfície de cada asa, que são usados para detectar mudanças na pressão do ar durante o voo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível