Características de um sistema de gerenciamento de inventário

Escrito por kenneth hamlett | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características de um sistema de gerenciamento de inventário
Sistemas de gerenciamento de inventário lidam com o movimento e rastreamento de bens dentro de um armazém ou centro de distribuição (warehouse image by Niki from Fotolia.com)

Os sistemas de gerenciamento de inventário de hoje estão muito além dos de cartões utilizados há muitos anos. Os atuais oferecem inúmeras entradas e saídas de dados, apresentam funções especializadas para diferentes indústrias e, normalmente, têm preços altos. A maioria tem características básicas que permitem aos usuários ver o quanto de estoque fica no sistema e onde ele reside.

Outras pessoas estão lendo

Monitoramento

Os sistemas de gerenciamento de inventário devem monitorar os níveis de estoque em todos os locais, internos e externos. Um dos principais componentes de um bom sistema é a sua capacidade de monitorar os níveis do inventário, sendo que todas as transações que movimentam as mercadorias de um local para outro, interna ou externamente, afetam o nível de estoque em um ou mais locais.

Acompanhamento

Além de monitorar os níveis de estoque, um bom sistema deve acompanhar cada movimentação de mercadoria, desde recebimento, bens que saem do armazém, movimentação entre os locais de armazenagem, movimentos de manuseio e embalagem e qualquer outra movimentação de um local, físico ou virtual, para outro.

Automação

Os sistemas de gestão de estoques devem automatizar certas funções operacionais de armazém. Alguns automatizam funções rotineiras, tais como reconciliação física, contagem de ciclos, atendimento de pedidos e funções de transporte e logística. Aqueles que geram automaticamente estatísticas, tais como informação sobre o ciclo de vida, ajudam os gestores e outros usuários a fazer compras mais informadas e a tomar decisões de distribuição.

Otimização

Um bom sistema de gestão de inventário dá aos usuários os dados necessários para otimizar os níveis de estoque e o espaço de armazenamento. Vários relatórios disponíveis a partir do sistema fornecem aos usuários informações sobre o giro rápido, o lento e a data de validade do estoque. Esta informação permite aos usuários dimensionar o volume de compras futuras para otimizar o nível do estoque. Ele também permite que os usuários otimizem o fluxo de recebimento, separação, embalagem e transporte ao armazenar os itens de maior giro mais próximos do ponto de uso.

Identificação por radio frequência - radio frequency identification

Um grande número de empresas hoje necessitam de identificação por radiofrequência (RFID) nos produtos. Algumas não fazem negócios com os fornecedores, a menos que a utilizem. Um sistema que não possua é antiquado. Ela identifica os produtos que entra, circulam e saem de um armazém ou centro de distribuição através de etiquetas e sensores colocados em toda a instalação. Quando os produtos se deslocam de um local para outro (interno ou externo), o sistema é atualizado com estes movimentos e transações e desloca o estoque para o local correto.

Relatórios

Um sistema de gestão de inventário deve fornecer relatórios confiáveis ​​que sejam de fácil produção e compreensão. Os bons fornecem relatórios detalhados de várias estatísticas, tais como o uso, envelhecimento, reviravoltas, avaliação de estoques, estatísticas FIFO (First In First Out - primeiro que entra, primeiro que sai)/ LIFO (Last In First Out - último que entra, primeiro que sai), base de custos, a quantidade em mãos, em trânsito e e processamento, tanto e unidades quanto em valores e também vários dados relacionados ao fornecedor, tais como recibos de envio no prazo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível