Causas antropogênicas dos poluentes do ar

Escrito por paulj | Traduzido por bruno laget
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Causas antropogênicas dos poluentes do ar
A energia térmica movida a carvão é a maior fonte antropogênica de poluentes atmosféricos. (Sean Gallup/Getty Images News/Getty Images)

Por causa de seus impactos negativos na saúde humana e no ambiente, os "poluentes atmosféricos" e suas respectivas fontes são tratados de forma séria pelos governos de nações desenvolvidas e em desenvolvimento. Sob a lei "Ar Limpo" de 1970 (EUA), o governo americano, através da agência de proteção ambiental (EPA), definiu os padrões nacionais de qualidade do ar ambiente para seus poluentes comuns. Estes são matéria particulada, óxidos de enxofre, ozônio da baixa atmosfera, óxidos de nitrogênio, monóxido de carbono e chumbo. Enquanto não há muito a ser feito a respeito das fontes naturais destes poluentes, esforços monumentais precisam ser feitos para reduzir as fontes humanas de poluentes se nos comprometermos seriamente em salvar nosso meio ambiente. Vários fatores humanos, chamados de causas antropogênicas, são responsáveis pela poluição do ar.

Outras pessoas estão lendo

Fontes estacionárias

Fontes estacionárias de poluentes atmosféricos são fornos, incineradores, fábricas, usinas de energia e todo tipo de engenho que queime combustível. De acordo com os registros de emissão da EPA, estas são as maiores fontes de dióxido de enxofre, com 73% vindo da queima de combustíveis fósseis em usinas de energia termelétricas e 20% vindo da indústria.A extração de metais do minério também libera pequenas quantidades de dióxido de enxofre e grandes quantidades de partículas de chumbo no ar. Ambos dióxido de enxofre e chumbo são responsáveis por vários problemas respiratórios. A EPA vem definindo padrões para o dióxido de enxofre desde 1971 para proteger o público em geral dos efeitos adversos de respirar este gás tóxico.

Causas antropogênicas dos poluentes do ar
Um forno de queima de madeira produz grandes quantidades de dióxido de enxofre e monóxido de carbono (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fontes móveis

Estas incluem automóveis, aeronaves e frotas marítimas, entre outros. Naturalmente, a mair fonte de monóxido de carbono, óxido de nitrogênio e compostos orgânicos voláteis são os veículos que se acumulam em áreas urbanas. As reações entre os óxidos de nitrogênio e os compostos orgânicos voláteis, na presença da luz do sol, geram ozônio na baixa atmosfera. Apesar de várias tentativas para tornar os combustíveis mais eficientes, as emissões de automóveis nos EUA aumentou na última parte do século XX devido a um aumento no uso de carros, assim como à produção de carros maiores e caminhões com motores de maior capacidade.

Causas antropogênicas dos poluentes do ar
Automóveis contribuem com 50% do monóxido de carbono para o ar (John Harrelson/Getty Images Sport/Getty Images)

Incêndios florestais

Além das reações químicas, a outra maior fonte de matéria particulada é o fogo. No âmbito da agricultura e da engenharia florestal, o fogo controlado é útil para as plantações e para abater gases estufa porque renova a floresta, estimulando o crescimento de árvores que são desejáveis. A matéria particulada emitida pelo incêncio, se inalada na forma de partículas finas presentes na fumaça e no smog fotoquímico, pode ser perigosa; há ligação deste tipo de partícula com asma agravada, funções pulmonares comprometidas, dificuldades de respirar. O incêndio florestal é também uma fonte potencial de gás monóxido de carbono e ozônio de baixa atmosfera presentes no smog. A presença de matéria particulada no ar é monitorada de perto pela EPA, nos EUA, graças à Lei do Ar Limpo, monitoramento previsto pelo relatório final, de Dezembro de 2008, chamado "Critérios de qualidade do Ar para matérias particuladas".

Causas antropogênicas dos poluentes do ar
Incêndios florestais geram fumaças ricas em partículas (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Decomposição do lixo

A digestão de lixo orgânico deixado em aterros, por parte de bactérias anaeróbicas, leva à produção de gás metano e alguns poluentes ricos em compostos de chumbo. O gás metano não é tóxico, mas é altamente inflamável e asfixiante. Outras fontes potenciais de poluentes atmosféricos incluem, mas não se limitam a, atividades militares como manufatura e manutenção de armas nucleares; uso de armas químicas e biológicas durante guerras; utilização de foguetes. Minimizar a emissão de poluentes deve envolver planejamento de longo prazo, conservação, e um compromisso sincero para preservar o ambiente e o mundo natural.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível