O que os cnidários comem

Escrito por alan osborne | Traduzido por márcia burke
O que os cnidários comem

As medusas são, talvez, os melhores cnidários conhecidos

Photos.com/Photos.com/Getty Images

Os cnidários são um filo de animais aquáticos, que são mais conhecidos por sua simetria radial. Objetos com simetria radial se estendem para fora a partir de um ponto central. Um exemplo comum seria os raios de uma roda. Medusas, anêmonas do mar e corais são cnidários. Esse filo contém mais de 9000 espécies, que são aquáticos, sendo que a maioria é marinho.

Outras pessoas estão lendo

Animais planctônicos

Todos os cnidários são carnívoros, e quase todos comem animais planctônicos, minúsculos organismos à deriva que vivem em todas as zonas pelágicas. Essas zonas são as partes de um corpo de água que não estão perto do fundo ou da costa. Como animais planctônicos são geralmente maus nadadores, mesmo os cnidários mais estáticos não saem para procurar comida, como faz um tubarão. Ao invés disso, eles esperam a presa cair em seus tentáculos. Os maiores podem pegar peixes pequenos dessa maneira.

Hydrozoas

Embora todos os cnidários sejam carnívoros, as diferenças na aparência e na mobilidade significam que pegam a sua comida de maneiras distintas. Hydrozoas, por exemplo, são geralmente comedores de fundo e comem outros organismos que habitam o local, como camarão de água salgada e larvas de insetos. Embora sejam animais, eles têm aparência de plantas. A maioria parece uma samambaia ou vive em grandes colônias, como corais. Colônias do tipo samambaia serão compostas por uma haste central com várias ramificações laterais, que serão cobertos com pólipos especializados. Alguns desses pólipos de coral terão um esqueleto em forma de concha dura que permanece quando morrem, mas não todos.

Scyphozoas

Scyphozoans são mais móveis do que seus primos hidrozoários, essa categoria inclui os animais que nós normalmente chamamos de água-viva. Devido a esta mobilidade, eles são capazes de comer peixes ocasionalmente, embora, na maioria das vezes, comam crustáceos. Algumas espécies podem retirar o plâncton da água. A maioria deriva junto com as correntes do oceano, com suas "bocas" voltadas para baixo. Embora muitas vezes chamados de água-viva, estes animais não têm órgãos especializados para a respiração ou para se livrar dos resíduos. Eles não são peixes de verdade. Os representantes deste grupo são encontrados em todos os oceanos, e variam na localização das moradias.

Tentáculos urticantes

Além de possuírem corpos simétricos, todos os cnidários têm tentáculos com pontas urticantes. As células nas pontas são chamadas de cnidocytes. Cada uma contém um ferrão em forma de espiral, chamado nematocisto. Quando toca em alguma coisa, a ponta do tentáculo é acionada, penetrando na presa. A maioria dos cnidários têm ferrões que contém uma toxina, que imobiliza a presa, permitindo que eles possam comê-las.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media