Código de direito canônico Pio-beneditino de 1917

Escrito por jennifer spirko | Traduzido por fernanda afonso
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Código de direito canônico Pio-beneditino de 1917
O papa Pio X solicitou uma completa codificação de 19 séculos de Direito Canônico Católico (dome du vatican image by PASCAL BOUFFAY from Fotolia.com)

Em 1904, o papa Pio X solicitou uma completa codificação do direito canônico da Igreja Católica Romana. Este projeto complexo, envolvendo uma comissão de aprendizado de teólogos e historiadores da Igreja, foi completado em 1917.

Outras pessoas estão lendo

História

O Concílio Vaticano I, convocado em 1869, empreendeu amplo reexame e padronização de questões da Igreja no mundo moderno, mas a guerra forçou sua suspensão em 1870. O papa Pio IX e seus sucessores trabalharam ao longo das dez décadas seguintes para completar o trabalho inacabado do Concílio.

Cronograma

O papa Pio X, no início de seu mandato, ordenou uma codificação formal do direito canônico. Em 1904, ele ordenou oficialmente este trabalho, que foi completado por seu sucessor, Papa Bento XV, em 1917.

Características

A codificação de 1917 padroniza todo o corpo da lei religiosa católica conforme ela havia se desenvolvido ao longo dos séculos. Possui quatro seções: pessoas, coisas, julgamentos, crime e punições; a seção denominada "coisas", por exemplo, inclui objetos e locais sagrados e os próprios sacramentos.

Importância

Esta primeira codificação exaustiva de direito canônico forneceu um modelo para a lei e a prática católica no século 20. O estudioso católico, autor e tradutor Dr. Edward Peters descreve seu papel como de "monumental significância."

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível