Comer ovos desencadeia o surgimento da asma?

Escrito por megan jungwi | Traduzido por helmir soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comer ovos desencadeia o surgimento da asma?
A ingestão de ovos pode desencadear crises de asma em alguns pacientes asmáticos (jdurham http://morguefile.com/archive/display/542374)

O consumo de ovos não está associado geralmente à asma, ainda que para algumas pessoas comê-los possa provocar crises asmáticas. A alergia ao ovo é uma das alergias alimentares mais comuns; e para os asmáticos esse é, infelizmente, um alimento difícil de evitar. Como a ingestão de ovos pode desencadear o surgimento de sintomas em alguns doentes com asma, é importante compreender a relação entre seu consumo e essa condição.

Outras pessoas estão lendo

Asma

A asma é uma doença inflamatória crônica dos pulmões com muitos tratamentos mas sem cura. Durante um episódio de crise, as vias aéreas contraem-se, causando tosse, espirros e falta de ar. As crises asmáticas diferem de pessoa para pessoa, assim como os fatores desencadeantes da asma. Cada paciente reage a diferentes elementos que desencadeiam as crises asmáticas, como a tensão emocional, alérgenos, exercício físico e alergias a certos alimentos.

Alergias ao ovo

Comer certos alimentos pode desencadear os sintomas da asma se a pessoa for alérgica a esse alimento. Alguns alimentos podem desencadear a asma, como leite, nozes, trigo, peixe e ovos. A ingestão de ovos pode não provocar os sintomas em todos os pacientes asmáticos, apesar de serem considerados um dos alimentos desencadeantes de alergia. A alergia alimentar ao ovo é provocada por uma reação excessiva do sistema imunológico que identifica as proteínas presentes no ovo como nocivas. O sistema imunológico identifica essa proteína e envia histaminas para combatê-la. A asma é um sintoma da alergia ao ovo, assim como o são as erupções cutâneas, a náusea e o corrimento nasal.

Diagnóstico

Após o consumo de ovos, os sintomas da alergia podem se manifestar em poucos minutos ou depois de várias horas. Um paciente asmático deve manter o registro do aparecimento dos sintomas e identificar os fatores desencadeantes, como a alergia ao ovo. Em seguida, deverá consultar um médico para obter um diagnóstico correto. Os testes de alergia podem incluir um teste cutâneo ou sanguíneo. No teste cutâneo, será introduzida na pele uma pequena quantidade de proteína de ovo, enquanto no teste de sangue, é retirada uma amostra de sangue para ser calculada a sensibilidade do paciente relativamente aos ovos. Para pessoas com alergias ao ovo, a melhor opção é evitar comê-los.

Tratamento da asma

A maioria dos pacientes asmáticos deverá seguir tratamentos a longo e a curto prazo. Os tratamentos a longo prazo e de alívio rápido incluem a ingestão de comprimidos e o uso de inaladores. O médico prescreverá o remédio adequado conforme a intensidade das crises de asma. Para pessoas com asma induzida por alergia, poderão ser prescritos medicamentos anti-inflamatórios ou vacinas antialérgicas. Porém, a única maneira de prevenir o aparecimento de sintomas da alergia ao ovo é deixar de comê-los. Se você consumir um ovo inadvertidamente, pode tomar anti-histamínicos para minimizar os sintomas alérgicos.

Evitar os ovos

Evitar a ingestão de ovos pode ser difícil, pois a maioria dos alimentos processados, incluindo os assados caseiros, os cereais do café da manhã, as almôndegas, as sopas de macarrão, carnes processadas e espaguete têm ovos como ingrediente. Verificar as etiquetas dos produtos é um primeiro passo muito importante, apesar de que a etiqueta pode listar alguns componentes do ovo, como albumina, lecitina, lisozima e ovalbumina. É importante que se fale com um médico sobre as relações entre a alergia ao ovo e a asma, pois ele pode explicar o que é preciso evitar e como.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível