Complicações causadas por comer pipoca

Escrito por rosie rivera | Traduzido por mariana korman
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Complicações causadas por comer pipoca
Comer pipoca pode fazer mal à saúde (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Nada como comer um saco de pipoca amanteigada enquanto assiste a um bom filme. Infelizmente, um desses momentos pode ser perigoso para a saúde. Os riscos de comer pipoca provavelmente nem passam por sua mente, pois ela é, no final das contas, um lanche saudável, especialmente quando preparada sem óleo, além de conter alta quantidade de fibras por porção. Mas, se você não tomar cuidado, ela pode causar problemas dentários ou digestivos, e até asfixia.

Outras pessoas estão lendo

Dente quebrado

Morder, sem querer, uma pipoca não estourada pode causar dor dental, e o tratamento pode sair caro. Em 2008, o jornal New York Post afirmou que um homem tentou processar uma sala de cinema, depois de quebrar um dente e ter custos odontológicos de aproximadamente R$ 2.720. O caso foi negado no tribunal, mas demonstra que as complicações ao comer pipoca são uma preocupação real se não houver precauções. Coma devagar, porções pequenas, e tenha cuidado para mastigar as pipocas macias, não o milho.

Pipoca entre os dentes

É comum que um pedaço da pipoca fique entre os dentes. Isso pode irritar a gengiva, causando complicações, como inchaço, e até cáries, se a partícula ficar presa e se decompor entre os dentes. É importante usar o fio dental diariamente, especialmente após você comer pipoca.

Asfixia

Comer pipoca sem acompanhamento de uma bebida pode ser desafiador, pois ela é muito seca e há um risco potencial de asfixia se não houver cuidado. Infelizmente, as crianças correm alto risco de engasgar com pipoca. Em uma criança com menos de 3 anos, a pipoca pode ficar presa nas pequenas vias aéreas. Isso, junto à necessidade que a criança tem de colocar muitas guloseimas na boca sem mastigar corretamente, pode causar problemas e até ser fatal, se a criança não estiver sendo supervisionada. Alguns especialistas sugerem evitar oferecer pipocas para crianças até que tenham aprendido totalmente a mastigar e deglutir.

Problemas gastrointestinais

A pipoca tem muitas fibras insolúveis, que podem desencadear doenças gastrointestinais, como a síndrome do intestino irritável ou de Chron, em pessoas propensas a elas.

Exposição a químicos perigosos

As embalagens tóxicas de alimentos podem ser lixiviados para linha de embalagens de junk food, que podem causar contaminação química no sangue humano. Em um estudo realizado pela Universidade de Toronto, os pesquisadores suspeitaram que a origem da exposição humana aos ácidos carboxílicos perfluorados poderia ser o consumo e o metabolismo de substâncias químicas aplicadas aos produtos de papel, tais como sacos de pipoca de micro-ondas. A regulação desses químicos perigosos está sendo investigada pelos órgãos responsáveis nos Estados Unidos, Canadá e Europa.

Problemas de coração e saúde

Um estudo realizado pelo Center for Science in the Public Interest (Centro para Ciência de Interesse Público), em 2009, mostrou, através de análise de laboratório, que a pipoca de cinema é cheia de gordura saturada, o que pode causar obstrução de artérias e gordura abdominal. Os resultados mostraram que, dependendo do tamanho do saco de pipocas, uma pessoa pode facilmente consumir de 670 a 1030 calorias durante um filme. É claro, isso não inclui as calorias adicionais: de 130 a 500 na cobertura de manteiga (óleo de soja hidrogenado) e o refrigerante.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível