Saúde

Complicações seguintes à extração dentária

Escrito por dawna theo | Traduzido por carol matos
Complicações seguintes à extração dentária

A alveolite é uma das complicações seguintes a uma extração dentária

www.creativecommons

A extração dentária é um procedimento dentário comum, que é feito no consultório odontológico sob anestesia local; o que significa que você irá permanecer acordado, mas não irá sentir dor. Na maioria dos casos, tudo transcorre sem maiores problemas. No entanto, certa vezes, poderão acontecer complicações.

Procedimento

Durante a extração dentária, o dentista irá anestesiar a região ao redor do dente, inclusive as raízes. Depois, ele irá usar um instrumento especial para balançar o dente para a frente e para trás, até que ele possa ser removido facilmente. Poderá ser necessário dar alguns pontos para fechar a região do dente extraído, ao final do procedimento. Após a extração dentária, você poderá ter inchaço, dor e sangramento. Essas condições só serão um problema se persistirem por um longo período. Vá ao dentista para realizar o tratamento adequado, se você apresentar qualquer uma das complicações que serão descritas a seguir.

Sangramento excessivo

O sangramento que não estanca pode significar que houve algum dano a um vaso sanguíneo durante a extração, e você vai precisar de tratamento odontológico complementar. Se você estiver tomando alguma medicação que atrapalhe a formação do coágulo sanguíneo, você também poderá apresentar um sangramento intenso. Procure o atendimento odontológico imediatamente. Sangramentos mais discretos que duram poucos dias podem ocorrer por você estar fazendo alguma das seguintes coisas: fumar, beber com canudo ou lavar a região exageradamente. Se o sangramento continuar devido a essas ações, você poderá desalojar o coágulo sanguíneo. O dentista poderá fazer outra sutura, fechando o local da extração para que cicatrize.

Alveolite

A dor que piora após vários dias da extração dentária pode significar que você está com alveolite. A alveolite ocorre quando o coágulo sanguíneo é desalojado de dentro do alvéolo dental. O osso que está abaixo fica exposto e provoca a dor. O dentista irá suturar novamente a região e prescrever antibióticos para prevenir infecções.

Reação alérgica

O inchaço dos maxilares é normal, por até quarenta e oito horas, após a extração dentária. Se a sua língua ou garganta começar a inchar, ao ponto de ter dificuldades para respirar, pode ser uma reação alérgica à medicação. Procure atendimento odontológico imediatamente. Se você estiver com um mau hálito muito acentuado, após uma semana da extração, entre em contato com o seu dentista, você poderá estar com uma infecção. Ele irá prescrever antibióticos para deter a infecção. Enxaguar a boca com uma solução de água e sal poderá reduzir as chances de se ter uma infecção.

Raízes residuais

Algumas vezes durante a extração dentária, o dentista pode não ser capaz de remover a raiz do dente por completo. Essa raiz residual poderá ser eliminada naturalmente pelo organismo, mas, se não o for ou infeccionar, uma cirurgia bucal terá que ser feita para a sua remoção completa.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media