Costumes de mulheres árabes

Escrito por micah mcdunnigan | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Costumes de mulheres árabes
Os costumes de mulheres variam muito dentro do próprio mundo árabe (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

O mundo de língua árabe é um lugar diverso, com uma variedade de diferenças nas esferas da política, dos costumes e das especificidades da religião. Apesar de não haver costumes totalmente iguais dentro da própria cultura árabe, há alguns costumes gerais que cercam as mulheres.

Outras pessoas estão lendo

Hijab

A religião do Islã tem um efeito sobre a cultura árabe em geral, mesmo que os indivíduos não sejam especificamente muçulmanos ou vivam em um país religioso. De acordo com os princípios islâmicos conservadores, as mulheres devem usar algumas coberturas chamadas de "Hijab". Esta cobertura pode assumir a forma de um véu que envolva o cabelo e os lados de seu rosto, de um lenço mais solto ao redor de sua cabeça ou de uma cobertura mais fechada cobrindo o rosto da mulher. Mulheres diferentes em países diferentes escolhem se querem usar o Hijab, e o tipo de cobertura que elas vestem varia.

Contato

Nas sociedades árabes mais conservadores, as mulheres e sua honra são cuidadosamente guardadas pelos membros homens da sua família. Os costumes resultantes, alguns dos quais são leis nas sociedades mais conservadoras, podem variar de as mulheres não serem permitidas ficar em público sem um membro da família ou marido, até restrições mais leves que desencorajam fortemente o contato entre uma mulher e um homem se um membro da família não estiver presente. Quando você está em uma área culturalmente conservadora, de acordo com o conselho cultural que o Exército dá aos seus soldados, o melhor é ser cuidadoso, não interagindo diretamente com uma mulher, a menos que sejam apresentados ou que ela inicie o contato.

Wali

Em algumas áreas conservadoras, as mulheres podem fazer uso de um "Wali", ou guardião, para o processo de organizar um casamento. O Wali atua como agente da mulher no mercado de solteiros aceitáveis, rastreando potenciais pretendentes para eliminar indivíduos que ele acredita serem "indesejáveis" no local e analisar o restante interrogando sobre suas características e seu passado. Para aqueles que o Wali considera bons pretendentes, ele permite um tempo supervisionado com a mulher que representa, e faz arranjos oficiais de casamento se a mulher aceitar a proposta de um pretendente.

Palavra final em pedidos de casamento

Ao contrário dos rumores muito difundidos, e negativos, sobre a cultura árabe, não é uma norma cultural que a família de uma mulher a force a se casar com um indivíduo em particular. Embora haja, tragicamente, algumas áreas do mundo árabe onde isso acontece, isto é ação de figuras opressivas e imorais e não de um tipo de cultura oficial árabe. Na cultura árabe, como em acordo com a lei islâmica, a mulher tem que consentir com o casamento antes que ele possa acontecer. Ela pode fazer isso proferindo uma aceitação ou simplesmente não apresentando uma objeção. De acordo com as regras nas quais grande parte da cultura árabe se baseia, se ela recusa, o casamento não é legal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível