Como ensinar crianças autistas a escrever

Escrito por erica varlese | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ensinar crianças autistas a escrever
Recursos tecnológicos são muito valiosos para estudantes autistas que estão aprendendo a escrever (Getty Images)

O autismo é um distúrbio de desenvolvimento que afeta uma em cada 110 crianças nos Estados Unidos. Crianças com autismo geralmente têm dificuldade em se socializar e comunicar, e frequentemente desenvolvem fixações com comportamentos repetitivos e obsessões. Ensinar uma criança autista a escrever pode ser um desafio, mas com paciência e uma abordagem diferenciada, transmitir novas habilidades é possível. Os principais pontos a ter em conta são rotina, paciência e flexibilidade para lidar com o aprendizado de um estudante autista.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Computador
  • Plano de aula
  • Paciência

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Defina e siga uma agenda diária. Crianças com autismo aprendem melhor com uma rotina. Quando estiver elaborando o plano, inclua intervalos durante o dia para que os estudantes façam uma pausa. Focar em assuntos diferentes e praticar comportamentos não autistas é um trabalho difícil e pode ser cansativo mental e fisicamente.

  2. 2

    Ensine o vocabulário aos alunos. Muitas crianças autistas são aprendizes visuais e acham mais fácil aprender os substantivos. Para construir um vocabulário para ler e escrever com um estudante autista use cartões com fotos. Certifique-se de que a palavra e a imagem estejam no mesmo lado da folha, o aluno não deve adivinhar a resposta, mas aprender a associar a imagem com a palavra escrita.

  3. 3

    Dê instruções curtas. Alunos autistas têm dificuldade em lembrar instruções verbais muito longas. Quaisquer tarefas com mais de três passos deve ser escrita para que eles possam consultá-las.

  4. 4

    Utilize fixações como motivação para aprender. Em vez de ver as fixações do aluno como uma barreira a ser superada, use-as dentro do plano de aula. Se um estudante gosta de barcos, por exemplo, peça que ele escreva uma história sobre barcos durante a aula.

  5. 5

    Comece as aulas de escrita no computador. Habilidades motoras podem ser um desafio para alunos autistas, e a frustração pode deixar o aprendizado mais difícil. Utilizar computadores pode ser útil ao ensinar autistas a escrever porque para eles digitar geralmente é mais fácil do que escrever à mão. Comece com mais tempo no computador, pontuando o plano de aula com momentos de escrita à mão para manter o aluno motivado.

  6. 6

    Use discussões para induzir a escrita. Verbalize a estrutura da frase com o aluno primeiro, para que seu pensamento esteja bastante claro antes de tentar escrever. Algumas crianças podem precisar que você escreva a frase para que elas copiem antes de estarem prontas para escrever sozinhas. Levará algum tempo para que elas escrevam seus próprios pensamentos; muita prática será necessária.

Dicas & Advertências

  • Evite distrações externas. Mantenha as luzes baixas e evite barulhos. Crianças autistas podem ter uma sobrecarga sensorial com muitas luzes, sons e outros distúrbios.
  • Quando estiver usando o teclado, mantenha-o perto da tela do computador. Alunos autistas podem ter dificuldade em olhar para cima e para baixo, do teclado até tela, para escrever. Manter o teclado e a tela no mesmo plano visual facilitará a tarefa para eles.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível