Como criar uma criança sem preconceitos de gênero

Escrito por colby phillips | Traduzido por paula belchior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar uma criança sem preconceitos de gênero
Meninos e meninas podem ser encorajados a interagir como iguais (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Existem muitas razões pelas quais os pais podem querer poupar seus filhos de preconceitos de gênero, seja para dar-lhes um sentido mais amplo da identidade pessoal, para combater o sexismo no mundo ou parar fornecer-lhes acesso a tantos tipos diferentes de experiências quanto possível. Os pais podem fazer seus filhos brincarem com amigos de ambos sexos, incentivá-los a participar de atividades que abrangem estendem o continuum de gênero, e dar-lhes responsabilidades que enfatizam ambos papéis tradicionalmente "masculinos" e "femininos".

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Apresente seus filhos a coleguinhas de ambos os sexos, incentivando-os a conviver com meninos e meninas. Use jogos em grupos para ajudar seus filhos a tornarem-se mais confortáveis com grupos mistos e para encontrar maneiras de brincar que envolvam de forma criativa os papéis de gênero e as diferenças. Quando os pais estão envolvidos, as funções também podem ser variadas. As mães podem levar seus filhos e filhas para acampar, e os pais podem brincar de boneca com eles.

  2. 2

    Incentive seus filhos a participar de atividades que estendem o chamado continuum de gênero. Para as meninas isso pode incluir atividades supostamente "masculinas" como artes marciais, corridas de kart e trabalhos com madeira. Os meninos podem ser incentivados a participar de atividades mais tradicionalmente associados com a feminilidade, como coral, pintura e balé. Em ambos casos, o objetivo é dar às crianças a oportunidade de explorar o seu mundo, sem ser incomodado por estereótipos de gênero.

  3. 3

    Dê aos seus filhos responsabilidades domésticas que enfatizem tanto papéis tradicionalmente masculinos quanto femininos. Os pais podem pedir às suas filhas para ajudar a mudar o óleo do carro, consertar a pia e trabalhar no quintal, por exemplo. Aos meninos pode ser solicitada ajuda para costurar, cozinhar e fazer compras. Os pais também podem variar seus próprios papéis, servindo de modelo da fluidez de conceito de gênero e permutabilidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível