Como criar krills em tanques

Escrito por junou mathieu | Traduzido por felipe mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar krills em tanques
Os krills são pequenos, porém importantes para a sobrevivência de muitas criaturas do oceano (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Apesar do krill ter apenas cerca de cinco centímetros de comprimento, essas criaturas desempenham um papel importante na cadeia alimentar do oceano. Sem ele, muitas criaturas do oceano iriam morrer e espécies seriam extintas, incluindo algumas baleias. Peixes, caranguejos e lagostas de estimação são frequentemente alimentados com krill, porque esses pequenos crustáceos são um importante alimento básico na dieta da natureza. Você pode comprar krill liofilizado em inúmeras lojas de animais, mas criá-los em aquários pode ser melhor para o seu bolso e, mais importante, para o seu animal de estimação.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Plantas vivas
  • Filtro
  • Água salgada
  • Wafers de algas
  • Bomba de oxigênio

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre um pequeno tanque para peixes de água salgada na sua loja local de animais. Compre um outro tanque se estiver próximo do verão. Este segundo tanque servirá como o terreno fértil para o seus krills. Coloque o filtro, bem como a bomba no tanque e encha-o com água salgada. Coloque o tanque de krills longe de outros tanques que contenham outros tipos de peixes, o que deve manter o krill a salvo de ser comido antes de se reproduzir.

    Como criar krills em tanques
    Compre um pequeno tanque para peixes de água salgada na sua loja local de animais (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)
  2. 2

    Compre de 10 a 30 indivíduos, plantas vivas e wafers de algas em sua petshop local. Não sobrecarregue seu tanque com muitos krills logo de cara, porque a criação pode resultar em mais krills do que você pode manipular. As plantas vivas, que servirão de habitat e alimentação, devem ser espalhados por todo o aquário.

    Como criar krills em tanques
    Compre de 10 a 30 indivíduos, plantas vivas e wafers de algas em sua petshop local (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)
  3. 3

    Coloque os wafers de algas no tanque, e as deixe afundar. O krill irá comer as plantas e os wafers de algas. Eles vão nadar até o fundo do tanque para se alimentar.

    Como criar krills em tanques
    Eles vão nadar até o fundo do tanque para se alimentar (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)
  4. 4

    Troque a água do tanque regularmente, ou quando ela começar a embaçar. Encha os baldes com água salgada com um dia de antecedência. Desligue todas as tomadas ligadas ao aquário para evitar danos ao filtro e para impedir eletrocussão. Esvazie e substitua 20% da água de uma só vez, e remova quaisquer resíduos sólidos.

    Como criar krills em tanques
    Troque a água do tanque regularmente (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)
  5. 5

    Aguarde até a chegada do verão para que o krill fêmea possa colocar seus ovos. A época de reprodução do krill tem a duração de cerca de cinco meses. O Krill fêmea pode gerar ninhadas que contenham de 3.000 a 8.000 ovos. Várias ninhadas podem ser gerados em uma temporada. Uma vez que os ovos eclodem, eles levam cerca de dois a três anos para atingir a maturidade.

    Como criar krills em tanques
    Uma vez que os ovos eclodem, eles levam cerca de dois a três anos para atingir a maturidade (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Dicas & Advertências

  • Os Krills não precisam de altas temperaturas para prosperar, por isso, não há necessidade de aquecer a água.
  • Os peixes podem talvez mudar sua aparência quando alimentados com krill. Normalmente, a alimentação a base de krill afeta peixes como betas, por exemplo, de uma forma positiva.
  • As fêmeas de krill produzem milhares de larvas por ano, e, por isso, as larvas requerem um grande espaço. Apesar de ser uma espécie pequena, milhares não irão caber em um pequeno tanque.
  • A reposição total da água do tanque de uma só vez pode fazer com que o krill tenha um choque tóxico de seus resíduos. Bactérias quebram resíduos antes que possam prejudicar o krill e a substituição total da água de uma só vez, pode aniquilar a maior parte destas bactérias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível