Saúde

Como criar tilápias em tanques e lagoas

Escrito por amy yang | Traduzido por mayra chibante
Como criar tilápias em tanques e lagoas

A tilápia pode ser criada com sucesso em lagoas e tanques, desde que todos os requerimentos sejam atendidos

Tim Boyle/Getty Images News/Getty Images

Segundo a Agri Business Week, a tilápia é chamada de "galinha aquática" pelos especialistas em peixes, devido à facilidade de criação e à tolerância na variação de condições. Elas ainda se mantêm relativamente saudáveis em cativeiro, já que são resistentes a doenças e parasitas. A tilápia se desenvolve bem em tanques e lagoas, mas para quem vive em locais mais frios, os tanques são habitats mais preferíveis, uma vez que será possível aquecer a água constantemente. Dessa maneira, ela permanecerá a uma temperatura aceitável para sua saúde e crescimento.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

O que você precisa?

  • Tanque grande ou uma lagoa de tamanho adequado
  • Tela de bambu
  • Fertilizante orgânico
  • Sistema de filtração intensa
  • Aquecedor de tanques
  • Comida para peixes
  • Alimentador automático para peixes
  • Teste de amônia
  • Teste de nitrito
  • Teste de nitrato

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Compre um tanque grande o suficiente para comportar uma população de tilápias, ou uma lagoa com uma área de superfície suficiente para acomodar seu peixe. Segundo a Agri Business Week, deixe 0,27 m² de superfície por tilápia. Se possuir uma lagoa disponível para comportar os peixes, cerque quaisquer saídas ou entradas com a tela de bambu, prevenindo que eles escapem. A profundidade do tanque (ou lagoa) não deve ser menor que 0,90 m.

  2. 2

    Prepare o tanque fazendo ciclos com os produtos de amônia. O local estará pronto quando os níveis de amônia e nitrito medirem zero. Além disso, para esse mesmo tanque, instale um sistema de filtração intensa e mantenha-o funcionando durante os ciclos. Instale um aquecedor e deixe a temperatura entre 27 °C e 30 °C. Compre diversos aquecedores menores se achar que apenas um não seja suficiente para o tamanho do local. Por exemplo, se tiver um com capacidade para 1.135 L, compre um aquecedor para essa quantidade ou adquira seis menores, cada um para cada 190 L. Não há necessidade de se fazer ciclos em uma lagoa, a não ser que seja uma recentemente construída. Compre ração comercial para tilápias ou ração para peixes que seja vegetariana e com uma alta porcentagem de proteína, próximo de 40%.

  3. 3

    Solte a tilápia na lagoa (ou tanque) depois que permitir que ela se ajuste à temperatura da água. Se o peixe que você comprou foi entregue em sacos plásticos, faça com que eles flutuem no local por 15 minutos, antes de abri-los. Se ele veio em um outro local, misture a água do tanque (ou lagoa) lentamente nesse recipiente, antes de soltar o animal no seu novo habitat.

  4. 4

    Instale um alimentador automático configurado para liberar as comidas de três a seis vezes no dia. Monitore o quanto seu peixe come e ajuste a quantidade de acordo. Eles devem concluir a refeição dentro de 15 minutos. Acrescente mais comida se a anterior acabar em poucos minutos. Para os peixes mais jovens, prefira a alimentação em pó. Quando crescerem, mude para os pellets flutuantes.

  5. 5

    Diariamente, faça um teste de amônia, nitrito e nitrato. Realize uma troca de água quando os níveis dessas substâncias estiverem maiores que zero. Além disso, faça essa mesma troca quando o nível de nitrato estiver maior que 10 ppm. Uma vez que o tanque (ou lagoa) tenha finalizado um ciclo, os níveis de amônia e nitrito deverão permanecer a 0 ppm, a não ser que a população de peixes mude. As trocas de água são essenciais para um melhor crescimento desse ser vivo.

  6. 6

    Monitore os parâmetros da água diariamente. Mantenha a consistência da temperatura, além da qualidade da água, fazendo as trocas com frequência. Quanto maior a quantidade de tilápias, mais trocas serão necessárias. Ajuste a alimentação quando necessário, de acordo com o crescimento e o tamanho do peixe.

Dicas & Advertências

  • A tilápia-do-nilo é a mais comum cultivada para alimentação, bem como uma espécie de fácil crescimento (Referência 3).
  • Se uma tilápia reproduzir, separe as recém-nascidas com uma rede especial. A taxa de mortalidade nesse estágio delicado é de 20% (Referência 4).

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media