Como fazer crochê com retalhos de tecido ou com tiras de plástico

Escrito por karen waggoner | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer crochê com retalhos de tecido ou com tiras de plástico
Inove fazendo crochê com tiras de tecido ou plástico (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Qualquer pessoa que saiba fazer o ponto baixo em crochê está apta a criar uma variedade de peças bonitas, práticas e laváveis a partir de retalhos de tecidos. Tapetes de pano crochetados a partir de tiras de tecidos novos ou reciclados foram muito comuns nas casas de muitas famílias durante os séculos dezenove e vinte. Projetos menores como jogos americanos, porta-copos, descansos de panelas e bolsas são igualmente atrativos e saem quase de graça, porque são confeccionados com devoluções e sobras. As tiras de plástico cortadas de sacolas de supermercado podem ser crochetadas da mesma maneira para confeccionar bolsas ecológicas, capachos e muito mais.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tecido de algodão usado como camisetas, vestidos, saias etc.
  • Lençóis usados, cortinas, colchas etc.
  • Sobras de fio de algodão de costura
  • Régua
  • Tesoura
  • Agulha de crochê grande (tamanho 11 ou maior)

Lista completaMinimizar

Instruções

    Faça um tapete de crochê a partir de tiras de tecido

  1. 1

    Recolha o tecido a ser usado para o crochê. Se você usar uma variedade de cores, irá criar uma peça de aparência rústica artesanal, e se usar somente algumas cores análogas, irá criar uma peça de aparência monocromática. Todos os tecidos devem ser do mesmo tipo; algodão e algodão com poliéster são apropriados. Malhas de algodão, como as de camisetas, também podem ser usadas.

  2. 2

    Rasgue o tecido em tiras de 1,3 a 2,5 cm, deixando-as conectadas às bordas se possível. Isso pode ser feito rasgando o tecido de maneira cruzada para dentro, a uma distância de 2,5 cm a partir das bordas, em lados alternados. Isso irá resultar em uma tira contínua. Tente rasgar uma camisa masculina da parte inferior ao colarinho, do punho ao ombro, etc, deixando as tiras o mais longas possível. Não tente rasgar tecidos de malha. Esses devem ser cortados com a tesoura.

  3. 3

    Conecte as tiras rasgadas amarrando nós bem firmes entre elas, tendo o cuidado de misturar ou combinar as cores conforme o desejado. Remova qualquer fio que tenha desfiado e finalize, mas lembre-se de que a rugosidade da textura faz parte do charme dessas peças de crochê.

  4. 4

    Transforme as tiras em novelos, enrolando-as como se fossem fios. Guarde da forma habitual, como faria com os seus fios de crochê.

  5. 5

    Comece crochetando com uma corrente de seis pontos e una para formar um círculo, o qual será o centro de um tapete redondo. Faça pontos baixos ao redor das correntes, acrescentando dois pontos a cada ponto na corrente e trabalhando os nós para o lado de baixo.

  6. 6

    Continue pelo comprimento que for necessário para formar um tapete redondo. Pode ser que você precise ajustar o número de pontos acrescentados a cada volta se o tapete não ficar tão plano quanto o desejado. Experimente trabalhar os pontos de forma mais frouxa; o trabalho pode ficar muito apertado para ser continuado com facilidade.

  7. 7

    Finalize amarrando a última tira à anterior, e apare as pontas. Ande sobre o tapete algumas vezes para nivelar e moldar a sua forma.

Dicas & Advertências

  • Para crocheteiras mais experientes, inicie com uma forma oval. Para uma peça retangular como um jogo americano, comece com um cordão de correntes que tenha o mesmo comprimento da largura desejada. Para crochetar com sacolas plásticas, corte as tiras na largura desejada. Quanto mais largas as tiras, mais grossa a peça de crochê será.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível