Como fazer e cuidar de um quebra-ventos

Escrito por jennifer spirko | Traduzido por thomas m. do n. ghadban
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer e cuidar de um quebra-ventos
Linhas de árvores podem formar quebra-ventos para proteger plantações e construções (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O quebra-ventos desacelera e desvia o vento, protegendo as plantações e as construções. Um quebra-ventos bem construído pode ajudar a reduzir a conta de luz entre 20 e 4 por cento, e também melhorando o ambiente do trabalho nas plantações e da vida selvagem, de acordo com os especialistas Paul Wray, Laura Sternweis e Jane Lenahan do Serviço de Extensão Cooperativa do Iowa. Eles recomendam um quebra-ventos triangular, em formato de pirâmide, com a ponta mais achatada virada para a direção de onde os ventos mais fortes vem. Pelo menos três linhas de árvores, com mais seis para uma maior proteção, são recomendadas por Renae Andeson, do Departamento de Rescursos Naturais do Winsconsin.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Lápis
  • Papel quadriculado
  • Fita métrica
  • Postes (número definido pelo formato do quebra-vento)
  • Barbante (número definido pelo formato do quebra-vento)
  • Kit de teste de solo
  • Produtos para melhoria do solo (opcional)
  • Cultivador
  • Plântula de árvores (número definido pelo formato do quebra-vento)
  • Mangueira ou sistema de irrigação
  • Herbicida (opcional)
  • Plântula de arbustos (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Avalie o terreno, notando a direção de onde maior parte dos ventos fortes vem. Por exemplo, para a região Sul do Brasil, os ventos mais fortes são chamados de "Vento sul", consequentemente vindo do sul.

  2. 2

    Esboce um mapa simples de suas terras, mostrando a localização de construções, árvores, canteiros, e qualquer outra parte importante.

  3. 3

    Esboce o local onde será feita a tentativa da primeira fileira de seu quebra-vento no mapa de suas terras. Ele deve se estender além das construções e jardins que você quer proteger no lado do barlavento. Para maior proteção, a distância entre esta linha e as construções a serem protegidas deve ser de 5 a 10 vezes a altura das árvores quando adultas.

  4. 4

    Esboce o local da tentativa de 2 a 5 linhas adicionais de árvores, cada uma mais curta que a linha mais próxima. Deixe de 3 a 4,5 m entre as linhas. Enquanto você esboça o mapa, este design deve ficar parecido com o formato de uma pirâmide, com a base dela voltada para seus edifícios e jardins.

  5. 5

    Coloque estacas ao longo das fileiras, como determinado em sem mapa, e passe o barbante entre elas.

  6. 6

    Examine as fileiras de estacas para se assegurar que o comprimento das linhas planejadas seja adequada e que a colocação seja entre os ventos fortes e o local que deve ser protegido.

  7. 7

    Melhore o design, se necessário, e remova as estacas e o barbante.

  8. 8

    Teste o solo na área que será feita a linha, e, se necessário, coloque os produtos para melhorar o solo, dependendo do resultado indicado.

  9. 9

    Faça um buraco para que caiba o torrão de cada plântula. O espaço entre cada plântula dependerá do espaço que a espécie de árvore precisa.

  10. 10

    Cave e remova qualquer erva daninha ou matinho de uma área de pelo menos 1 m ao redor de cada buraco usado para plantar.

  11. 11

    Coloque cada plântula em um buraco e segure-a enquanto você recoloca a terra ao redor do torrão dela.

  12. 12

    Enterre a plântula firmemente com a terra.

  13. 13

    Águe as plântulas com mais ou menos 4 litros de água, a não ser que o solo já esteja úmido.

  14. 14

    Monitore as jovens plantas regularmente, checando por sinais de secura no solo, parasitas e infestação de ervas daninhas. A competição com as ervas daninhas é um dos maiores perigos de um quebra-ventos. Remova as ervas daninhas com a mão, uma máquina ou apenas aplique herbicida nelas.

  15. 15

    Águe as jovens plantas durante épocas secas. Árvores secas estão mais propensas a outros tipos de dano, como doenças ou parasitas.

  16. 16

    Troque qualquer árvore jovem morta a cada ano pelos primeiros anos de vida do quebra-vento, seguindo os passos a seguir.

Dicas & Advertências

  • Adicionando uma fileira de arbustos ao longo do canto interno de seu quebra-vento pode aumentar a proteção, especialmente se suas terras precisem de algum tipo de proteção contra geadas.
  • O tipo específicos de árvores e arbustos que você usará em quebra-ventos irão depender do clima e das condições do solo de suas terras. Por exemplo, coníferas dão uma excelente proteção contra vento e geadas, mas não são boas para solos mais úmidos. O espaçamento entre as árvores dependerá do tipo de árvore que você escolher. Alguém competente poderá te ajudar quanto a distância.
  • Você pode achar mais fácil de remover ervas daninhas de toda linha onde irá plantar, ao invés de limpar um círculo ao redor da plântula. Deixar grama entre as linhas, no entanto, ajuda a impedir erosão e faz com que o quebra-vento fique mais bonito visualmente.
  • A época do ano que você plantará depende do clima. No Brasil, a melhor época para se plantar é no outono ou no comecinho do verão, mas consulte um especialista para saber especificamente sobre sua área.
  • O gado por achar a folhagem das árvores jovens e os arbustos irresistíveis, e eles podem danificar muito as plantas. Se assegure que eles não irão chegar ao seu quebra-vento, talvez colocando-o fora do cercado ou construindo um novo cercado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível