Cupins e acasalamento

Escrito por susan lee | Traduzido por andré prata
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cupins e acasalamento
Os cupins acasalam durante o voo, perdem as asas e começam uma colônia (termites image by Christophe Fouquin from Fotolia.com)

Os cupins são insetos muito reservados e sociais que vivem em colônias de milhares a milhões de indivíduos. Suas colônias são normalmente constituídas por trabalhadores, soldados, reis e rainhas que trabalham juntos. Os rei e rainhas tem vida longa e são os chefes das colônias.

Outras pessoas estão lendo

Comunicação

Os cupins normalmente iniciam o processo de acasalamento no escuro começando com feromônios, que são odores que mostram disponibilidade para o cupim do sexo oposto. Eles também podem acasalar durante o dia após uma chuva, com condições adequadas de calor e temperatura. Tanto o macho quanto a fêmea emitem feromônios quando eles estão prontos para acasalar.

Voo do acasalamento

Quando eles estão prontos para acasalar e começar novas colônias, os machos e fêmeas alados e deixam seus ninhos em uma revoada em massa de acasalamento, e parecem sair em pares. Os pares parecem estar correndo em fuga com os machos geralmente atrás das fêmeas, sendo que este comportamento é chamado de "tandem", e vão em busca de uma área de nidificação. Quando estabelecem a sua nova colônia, ambos os cupins, macho e fêmea, perdem suas asas.

Reprodução

Só a rainha pode pôr os ovos após o acasalamento. O rei e a rainha podem acasalar frequentemente para a produção contínua de ovos. Os ovos levam de duas a sete semanas para progredir do desenvolvimento até a idade adulta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível