Os cupins comem raizes de palmeiras?

Escrito por lani thompson | Traduzido por lynn blanch
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os cupins comem raizes de palmeiras?
Cupins danificam palmeiras ao comer as raízes e o interior dos troncos e dos galhos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Cupins comem qualquer coisa que contenha celulose, incluindo árvores vivas. O cupim subterrâneo C. formosanus é uma grande praga no sul dos Estados Unidos, e é uma das espécies mais agressivas e destrutivas existentes no mundo. Enquanto colônias de outras espécies nativas atingem algumas centenas de milhares, colônias desta espécie pode chegar a ter milhões de cupins. Cupins subterrâneos C. formosanus são conhecidos por atacar mais de 50 espécies de plantas, incluindo palmeiras. Esses animais, que vivem no subsolo, entram numa árvore pelas raízes.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A partir de 2010, o C. Formosanus já se encontrava ao longo da Costa do Golfo, em vários estados do sul, incluindo Alabama, Flórida, Geórgia, Tennessee e Carolina do Norte e do Sul, assim como no Havaí e partes da Califórnia. Tal como acontece com outras espécies de cupins, as colônias do C. formosanus são compostas de três castas principais: reprodutores, soldados e trabalhadores. A identificação é normalmente feita através da análise de um reprodutor ou de um soldado. Reprodutores alados são insetos marrom-amarelados, com cerca de 1 cm de comprimento e asas peludas. Os soldados têm um corpo esbranquiçado e uma cabeça marrom-alaranjada com mandíbulas curvas, e podem secretar um líquido branco viscoso de uma abertura em sua cabeça quando são perturbados.

Danos

Cupins podem atacar palmeiras em qualquer fase, desde a semente à planta madura. Essas árvores morrem quando os cupins entram e comem o sistema radicular, matando direta ou indiretamente, pois a redução de raízes automaticamente reduz a quantidade de água e nutrientes que a palmeira é capaz de absorver. Os cupins também podem entrar no tronco de uma palmeira, comendo seu interior e preenchendo-o com madeira mastigada, terra e excremento de cupim. Árvores infestadas pelos cupins são mais susceptíveis ao ataque de doenças.

Prevenção

Mantenha suas palmeiras livres de cupins colocando inseticidas no solo em torno das raízes. Inseticidas à base de piretroide repele os cupins, enquanto outros inseticidas matam. Contate os dedetizadores de seu município e informe-se sobre quais inseticidas são aprovados para uso em sua área. Alguns extratos vegetais são conhecidos por repelir ou envenenar cupins. Extratos de nim (Azadirachta indica) como tabaco selvagem e pimentão seco, são usados ​​para controlar cupins em armazéns. Existem relatos não confirmados que colocar cinzas de madeira ao redor da base das palmeiras é uma forma eficaz para repelir os cupins.

Controle

Palmeiras severamente danificadas talvez precisem ser removidas. Consulte um arborista e obtenha informações sobre como reparar e fortalecer as árvores menos danificadas. Se ela puder ser salva, você poderá controlar a infestação nas palmeiras fazendo furos no tronco e injetando um inseticida na área escavada pelos cupins. Iscas contendo venenos de ação lenta são uma ferramenta eficaz para controlar cupins subterrâneos. No entanto, o tipo de iscas vendidas a usuários não profissionais não deve ser a única proteção utilizada contra essas pragas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível