Cura para ginecomastia

Escrito por david harris | Traduzido por weber figueiredo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cura para ginecomastia
Apesar de não ser grave, a ginecomastia pode causar constrangimentos e atingir o psicológico masculino (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

A ginecomastia, causadas por um desequilíbrio entre estrogênio e testosterona, consiste no inchaço da mama em homens. Esta condição não é perigosa, mas seu portador sofrem com a dor e o constrangimento. Apesar de ela poder se curar sozinha, existem medicamentos que ajudam a restaurar o equilíbrio hormonal. Em situações graves, a cirurgia plástica para remover o excesso de tecido mamário é outra opção.

Outras pessoas estão lendo

Tratamento

Em muitos casos, especialmente os que afetam meninos na puberdade, a ginecomastia irá desaparecer ao longo do tempo, sem nenhum tratamento específico. Infelizmente, existem outras condições, tais como a cirrose e a desnutrição, que também causam ginecomastia, e, nessas circunstâncias, a medicação será necessária. Certos medicamentos também podem causá-la, por isso o médico poderá pedir sua suspensão. Em meninos, o médico fará avaliações a cada três a seis meses, para monitorar se a condição está ou não melhorando por conta própria. Se persistir por mais de três anos, será recomendado um plano de tratamento.

Medicação e cirurgia

O médico pode recomendar medicamentos, entre os quais tamoxifeno e raloxifeno -- ambos usados ​​para combater o câncer de mama, como uma maneira de tratar a ginecomastia. É importante compreender que, embora a FDA aprove estas drogas, não existe nenhum fármaco aprovado especificamente para a ginecomastia. Se o medicamento não funcionar, o médico pode sugerir uma cirurgia. A lipoaspiração é um procedimento onde a gordura da mama é sugada e pode ajudar homens com ginecomastia. Outra opção é uma mastectomia, onde a glândula mamária real é removida.

Prevenção

Há certos passos que se pode tomar para evitar este problema. Drogas como os esteroides, andrógenos, heroína e maconha podem levar a problemas relacionados à ginecomastia. O consumo de álcool pode agravar a ginecomastia. Também é importante ter conhecimento sobre a possibilidade de alguns medicamentos poderem causá-la. A terapia é uma ferramenta útil para evitar a depressão e ansiedade, comuns nas pessoas com ginecomastia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível