Vida

Danças populares dos anos 70 e 80

Escrito por tela lewis Google | Traduzido por maria renata c. m. siqueira
Danças populares dos anos 70 e 80

A discoteca dominou os anos 70

disco logo image by grafiker from Fotolia.com

Os anos 70 e 80 foram uma época memorável na história da dança americana. A cultura de dança dos anos 70 foi dominada por um requebrado total, com discotecas que se tornaram os lares daqueles dançarinos que queriam balançar ao som da melodia. Os anos 80 trouxeram a tona a era do hip hop, com as grandes caixas de som que os dançarinos de "break" carregavam para mostrar sua arte pelas ruas. No fim dos anos 80 surgem as bandas de metal pesado que fizeram a galera entrar em um bate-cabeça ao som dos solos de guitarra sem fim.

Outras pessoas estão lendo

Discoteca dos anos 70

disco logo image by grafiker from Fotolia.com

A dança mais popular nas discotecas dos anos 70 foi o Hustle, que tinha algumas variações, incluindo o Hustle Latino, o Hustle Americano e o Hustle de Rua. Os movimentos básicos dessa dança eram apresentações no chão da pista de dança sincronizadas com a batida, ou chutinhos, passos de rock ou gestos com as mãos, para manter a batida, enquanto trocavam de movimentos. Danças em linha como Hot Chocolate, que era uma forma modificada do Hully-gully dos anos 60, o Bus Stop, o Night Fever, o Roller Coaster e o Disco Duck também eram muito comuns nas discotecas.

"Break dance" dos anos 80

disco logo image by grafiker from Fotolia.com

Com o lançamento do filme "Breakin", em 1984, o "break" se tornou uma parte comum da cultura popular. O "break" possuía dois estilos diferentes, utilizados por grupos em batalha de dança. As primeiras músicas de Hip-Hop deste tempo usavam um som sintetizado ao qual os dançarinos juntavam seus braços, pulsos e joelhos e voltavam a posição junto com a batida. Este e outros movimentos mais lentos e exagerados que imitavam um robô. O "break" também incluía uma série de giradas usando as costas, os joelhos e, até mesmo, a cabeça. A maioria das danças de "break" aconteciam nas ruas, onde dois grupos batalhavam trocando os movimentos, até que um deles não conseguia superar o outro. Os dançarinos de break eram chamados de B-Boys ou B-Girls e grupos famosos, como os Dynamic Rockers e os B-Boys Rock Steady Crew, estavam sempre em clipes musicais, programas de TV e filmes.

O bate-cabeça dos anos 80

disco logo image by grafiker from Fotolia.com

As bandas de metal pesado dos anos 80 normalmente tinham os cabelos longos e estilizados, fazendo-nas ganhar os apelido de "bandas do cabelo". As bases das músicas eram baladas longas super-produzidas, com batidas rápidos alternando com sons pesados de guitarra. O som da guitarra fazia com que muitos espectadores balançassem as cabeças de acordo com a batida e, então, começou a era do bate-cabeça. Este foi o tempo de shows enormes em arenas de rock, onde o público se concentrava bem em frente ao palco. Quando a música começava, eles balançavam a cabeça em tempos diferentes de acordo com a música. Isso se desenvolveu a partir da dança do pogo, do movimento punk rock dos anos 70, e criou o estilo chamado de dança bate-cabeça. Alguns dançarinos, ou mesmo performistas, mergulhavam na platéia e surfavam na multidão. Este fenômeno continuou até a era grunge dos anos 90.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media