Descrições de vários estílos artísticos: Realismo e Impressionismo

Escrito por angela barley | Traduzido por jéssica rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Descrições de vários estílos artísticos: Realismo e Impressionismo
Artistas impressionistas não retratam as coisas numa tradição realista. (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Existem muitos estilos de arte visual, que são caracterizados de acordo com os princípios artísticos, elementos aplicados pelo artista, com o período em que o trabalho foi criado, assim como sua relação com movimento artístico particular. Houveram dois grandes, porém muito diferentes estilos desenvolvidos na França: o primeiro foi o Realismo, seguido mais tarde pelo Impressionismo.

Outras pessoas estão lendo

Sobre a arte realista

O Realismo é um estilo no qual o artista tenta retratar seus objetos da forma mais realista e objetiva possível. Esse estilo emergiu na França no século XVIII, alcançando o ápice na metade do século XIX e teve um breve ressurgimento no pós Primeira Guerra Mundial. A arte realista coincidiu com a época positivista onde métodos científicos objetivos eram compreendidos como a solução para todos os problemas da humanidade. Refere-se também ao Realismo como Naturalismo, pois artistas desta época tentaram retratar a verdade natural de assuntos do dia a dia.

Artistas realistas e suas obras

As matérias dos trabalhos de estilo realista vêm da vida cotidiana e são aquelas que movimentos artísticos anteriores evitaram ou ignoraram deliberadamente, tais como pessoas pobres. A maioria dos artistas realistas são franceses, entretanto houveram também alguns notáveis pintores americanos, britânicos, alemães e russos. Edgar Degas, Rosa Bonheur, Arthur Huges, John Everett Millais, Winslow Homer, Thomas Eakins, Georg von Dillis and Nikolai Ge são apenas alguns dos muitos que pintaram nesse estilo.

Sobre a arte impressionista

Desenvolvendo-se do Realismo/Naturalismo, o Movimento Impressionista emergiu na França em meados do século XIX. Este estilo é rotulado como tal porque o objetivo dos artistas era proporcionar uma impressão geral de uma cena, ao invés de um retrato detalhado. Os impressionistas miravam retratar o efeito de movimento e luz na aparência de um objeto, a fim de promover as sensações visuais tal como interpretadas pelo olho humano.

Artistas impressionistas e suas obras

Numa importante mudança em relação aos seus tradicionais predecessores, a maioria dos impressionistas pintou suas obras ao ar livre, ao invés de estúdios, usando como matéria paisagens, água refletindo a luz do sol e pessoas aproveitando atividades recreativas ao ar livre. Pinceladas curtas e rápidas e cores primárias não misturadas eram usadas para simular reflexo, luz e movimento. Suas obras, quando vistas de perto, parecem confusas e irrealistas, mas a distancia mostra o momento como capturado pelo olho do artista. Pintaram nesse estilo artistas franceses, russos, americanos e belgas, incluindo Claude Monet, Pierre-August Renoir, Camille Pissarro, Fredrick Carl Frieseke e John Singer Sargent.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível