Dicas para imigração no Japão

Escrito por laura hageman | Traduzido por philipe oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para imigração no Japão
Bandeira japonesa (Bandera Japón image by genialbaron from Fotolia.com)

Imigrar para o Japão pode ser um processo simples, mas se tornar um cidadão permanente é quase impossível. Em casos extremamente raros, os funcionários da imigração japonesa permitem que alguém se torne um cidadão japonês, se a pessoa provar que ela tem algo a oferecer ou beneficiar o Japão. Outra forma seria ter um cônjuge ou filho japonês sob sua tutela. O país também permite imigrantes na situação de ir à trabalho e, em muitos casos, o empregador com planos de contratar que irá aplicar o visto de trabalho em nome do seu empregado. Leia mais para saber sobre o que é preciso para fazer essa grande mudança para o Japão.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Passaporte
  • Visto

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine os motivos da imigração para o Japão, pois cada um exige passos diferentes. Imigrar por razões de estudo e trabalho é diferente de uma ida ao Japão apenas para fins turísticos.

  2. 2

    Tenha o passaporte em mãos. Chegando no Japão o mesmo será carimbado com o status de residente trabalhador, estudante ou turista. Este carimbo irá determinar o que você pode fazer enquanto estiver no Japão.

  3. 3

    Obtenha um visto. Para o visto de trabalho você vai precisar de uma solicitação na embaixada japonesa ao chegar no país, ou ir a um consulado japonês antes de viajar. O visto de trabalho tem validade para três anos. Para estudar no Japão, primeiramente você vai precisar de ter uma carta de aceitação de alguma universidade. Você deve provar para a universidade que você tem recursos o suficiente em sua conta bancária ou conta dos pais para sustentá-lo por um ano, em caso de emergência e nos custos da escola. A universidade, então, solicitará um certificado de elegibilidade do Ministério da Justiça. Após a aceitação, o Ministério da Justiça vai enviar o certificado para a universidade e ela enviará a você o certificado. Com certificado em mãos, você o apresenta no consulado japonês, juntamente com a carta de aceitação, para receber um visto de estudante, que é válido para um ano.

  4. 4

    Renove seu visto. Caso necessite ficar mais tempo, você deve solicitar no consulado japonês uma extensão da validade do visto. Para um visto de trabalho, a renovação é permitida a cada três anos, de acordo com tempo que você vive no Japão. Para os estudantes, a renovação terá de ser feito anualmente, por até quatro anos.

  5. 5

    Tenha, em documento, impressões digitais e fotografia. Assim que entrar no Japão terá de atender essas necessidades, a fim de ser autorizado a entrar no país. Os excluídos são moradores ou cidadãos, crianças com menos de 16 anos de idade, diplomatas, e aqueles indivíduos que perderam sua cidadania através da guerra.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível