O que são variáveis culturais?

Escrito por edward mercer | Traduzido por rúben carlos esteves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são variáveis culturais?
Todas as culturas reagem a valores e a prioridades diferentes (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

De uma forma geral, a variável cultural diz respeito a qualquer elemento cultural que pode influenciar um fenômeno observado, desde as análises macroeconômicas às produções artísticas ou ao sucesso de iniciativas políticas. Contudo, a maioria dos antropólogos trabalham com um conjunto de variáveis definidas que procuram descrever as diferentes culturas em um continuum estabelecido com várias características. Nem todos os antropólogos concordam exatamente com o que essas categorias podem ser, mas poucos desfrutam de uma ampla aceitação nesse domínio.

Outras pessoas estão lendo

Individualismo e Coletivismo

Embora a maioria das culturas se adaptem entre estes dois pólos, os antropólogos descrevem dois tipos de organização social básicas; o individualismo e o coletivismo. Em culturas individualistas, o sucesso e o bem-estar é geralmente mensurável pelas realizações individuais, os ritos culturais centram-se nas metas individuais e sociais com a finalidade de dar poder ao indivíduo. Em uma sociedade coletivista, a parte individual fica subordinada a metas sociais amplas e os ritos culturais tendem a gerar relações sociais e afetivas como, por exemplo, o casamento que é organizado tendo em mente o bem do coletivo. Estes dois pólos criam um continuum, no qual se deve inserir a maioria das culturas, sendo a natureza da sociedade um ponto que determina uma variedade cultural para as atividades diárias do indivíduo.

Masculinidade e Feminilidade

Além das regras sociais realizáveis por homens e mulheres, as culturas como um todo também têm a tendência a ter certas características masculinas e femininas. Uma cultura machista, por exemplo, tende a valorizar a força, a ambição e o sentido, ao passo que as culturas feministas tendem a influenciar o afeto, a compaixão e a emoção. Este ponto de vista social condiciona, geralmente, os papéis sociais verdadeiros, como por exemplo o comportamento esperado pelos homens e mulheres e os locais que eles ocupam na sociedade. É óbvio que esses valores culturais têm um efeito profundo na forma como uma sociedade funciona e como ela responde às mudanças.

Distância de poder

Geralmente, a distância de poder refere-se às formas como o poder, bem estar e prestígio são distribuídos por uma cultura. Numa cultura que tenha um poder elevado, esses fatores são altamente concentrados em poucos membros da sociedade. Em uma cultura com poder reduzido, este fator é considerado uma variável cultural crítica. O sucesso de programas econômicos, por exemplo, requer muitas vezes que os políticos procurem a melhor forma de distribuir o bem estar e o dinheiro pela sociedade.

Evitar a incerteza

A incerteza ou algo que não seja conhecido por uma cultura também é considerada uma variável cultural importante para os antropólogos. Por exemplo, as culturas que apresentam um nível elevado de incerteza tendem a exibir comportamentos sociais ativos, tentando explicar tudo o que a cultura enfrenta e são, geralmente, mais intolerantes aos comportamentos sociais que se desviam das fronteiras estabelecidas. Por outro lado, as culturas com níveis reduzidos de incerteza tendem a ser mais contemplativas, aceitando melhor o risco social e pessoal e um pouco mais tolerante quanto ao comportamento desviante, um fator com implicações óbvias sobre a forma como uma sociedade funciona e se desenvolve.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível