Dicas para fazer um bom sermão

Escrito por bethany seeley | Traduzido por juliana soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para fazer um bom sermão
Determinar a ideia principal é a chave para fazer um bom sermão (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Pregar é um privilégio e também uma grande responsabilidade. O propósito de um sermão não deve ser entreter o público, mas sim apresentar e explicar a palavra de Deus às pessoas. A parte mais importante de um sermão é seu conteúdo, mas uma boa explicação só pode agregar em um sermão bem feito.

Outras pessoas estão lendo

Oração

A oração é essencial para se fazer um bom sermão. Ore antes de começar sua preparação para meditar sobre a passagem ou sobre o assunto sobre o qual Deus possibilita que você pregue. Ore enquanto pesquisar sobre a passagem para conseguir entendê-la e interpretá-la da forma correta. Ore por seu público, para que ouçam a palavra de Deus com o coração. Por fim, reze por você mesmo.

Encontre a ideia principal

Para preparar seu sermão, escolha uma passagem da Bíblia e estude-a cuidadosamente para entender qual a sua ideia principal. Leia o texto várias vezes. Procure traduções diferentes (em grego ou hebraico, se conseguir) e use a ideia principal como o ponto chave do seu sermão. Por exemplo, se estiver pregando sobre Romanos 5:6-11, sua ideia principal deve ser "Cristo morreu pelos pecadores".

Memorize seu resumo

Faça um resumo com base na ideia principal. Inclua uma introdução, transições, referências da Bíblia, ilustrações e sua conclusão. Repita a ideia principal no mínimo três vezes ao longo do sermão. Não leia o texto quando estiver pregando. Se tiver assimilado a ideia principal e seu resumo memorizado, você não precisará ler.

Dicção

Lembre-se de falar devagar e claramente. Uma boa dicção é importante para que o público escute bem e entenda. Além disso, evite termos como "ahn", "é" ou outros parecidos. Se precisar de alguns segundos para organizar suas ideias, não há problema. Nem todo segundo precisa ser preenchido com palavras. Um momento de silêncio pode ser usado para enfatizar algum ponto. Levantar ou reduzir o tom de voz também são ferramentas usadas para dar ênfase.

Gestos e linguagem corporal

Se estiver fazendo gestos com as mãos, faça-os de forma mais ampla do que se estivesse tendo uma conversa privada. Além disso, se estiver usando gestos para indicar direções como norte, sul, esquerda ou direita, lembre-se de fazê-los ao contrário, pois o público estará de frente para você. Não ande para frente e para trás no púlpito. Também não balance para frente e para trás. Evite gestos que demonstrem nervosismo, como mexer nos cabelos, roupas ou joias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível