Saúde

Qual é a diferença entre a doença de Alzheimer e a Demência?

Escrito por sharon o'neil Google | Traduzido por monica ferreira rocha lopes
Qual é a diferença entre a doença de Alzheimer e a Demência?

Alzheimer e demência são usados ​​como sinônimos, mas não são a mesma coisa

The Clinquant of Hope by DerrickT http://farm1.static.flickr.com/36/78217197_87c1689d58.jpg

Muitas pessoas não têm certeza de quais as diferenças entre doença de Alzheimer e demência. A demência é um termo genérico que descreve um conjunto de sintomas que estão presentes em uma variedade de condições e doenças. O Alzheimer é uma doença progressiva do cérebro e é a causa mais comum de demência.

Outras pessoas estão lendo

Conceitos errados

Os termos Alzheimer e demência são muitas vezes usados ​​como sinônimos, mas não são a mesma coisa. Uma pessoa que sofre de demência pode ou não ter a doença de Alzheimer, mas todo mundo que tem Alzheimer sofre de demência. Às vezes os médicos e profissionais de saúde aumentam a confusão, usando a expressão demência ao invés de Alzheimer. Alguns preferem usar a palavra demência, porque o termo Alzheimer é assustador e devastador.

Explicação de Demência

Demência não é uma doença, mas um conjunto de sintomas que estão presentes em determinadas condições ou doenças. É um declínio da função cognitiva tão grave que interfere nas atividades diárias do indivíduo. Os sintomas incluem perda de memória, mudanças de personalidade e alterações de humor, confusão e declínio nas habilidades de resolução de problemas. Existem numerosas categorias que causam a enfermidade. Por vezes, são efeitos colaterais de medicamentos e outras vezes problemas médicos que causam sintomas semelhantes à demência.

Explicação da doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer provoca a destruição progressiva das células do cérebro. Com o tempo, a doença gera demência, roubando progressivamente do paciente sua memória, capacidade de aprendizagem, habilidade de comunicação e capacidade de se cuidar sozinho. Na maioria dos pacientes, os sintomas aparecem pela primeira vez depois dos 60 anos de idade, mas a enfermidade não é uma parte normal do envelhecimento. A doença começa na parte do cérebro que armazena memória recente e, em seguida, espalha-se lentamente para outras áreas. Ela avança através do cérebro em diferentes proporções, durando de três a 20 anos. Os cientistas não têm certeza qual a causa do Alzheimer.

Consequência da Demencia

Muitas das causas de demência são reversíveis, incluindo depressão, deficiência de vitamina B12, mistura de medicamentos, subnutrição, infecção e desequilíbrios hormonais ou de tireoide. Alguns remédios para doenças comuns, tais como hipertensão, depressão, insônia, artrite e diabetes também podem produzir efeitos colaterais que imitam a doença. Há também certo número de condições que levam à demência irreversível. De acordo com a Associação de Alzheimer, existem mais de 170 doenças que causam a demência irrecuperável, sendo que o Alzheimer está no topo da lista.

Conseqüências da doença de Alzheimer

O dano cerebral e demência progressiva causadas por Alzheimer são irreversíveis. Existem tratamentos disponíveis para retardar a taxa de declínio da doença, contudo, até agora, não há cura. No momento em que essa doença atinge sua fase final, o cérebro já sofreu danos extensos e encolhimento, resultando em morte.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media