Diferenças entre firewall e anti-vírus

Escrito por gregory hamel | Traduzido por rafael mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diferenças entre firewall e anti-vírus
O anti-vírus e o firewall são dois tipos de programas de segurança que podem diminuir as chances de seu computador ser infectado (virus alert image by dead_account from Fotolia.com)

Independente do momento em que um computador está conectado à internet, está se comunicando com outros computadores, o que significa que potencialmente pode ser alvo de ataques de programas maliciosos, como vírus, cavalo de troia, e spyware. O anti-vírus e o firewall são dois tipos de programas de segurança que diminuem as chances de seu computador ser infectado.

Conceitos básicos do firewall

Firewalls são programas que tentam bloquear ameaças e acesso não autorizado à uma rede. Uma rede protegida por um firewall terá de passar os dados que entram e saem dela através do programa, e se estes dados não atenderem aos padrões de segurança do firewall, a mensagem será bloqueada. Um firewall pode ser visto como uma tela ou peneira que categoricamente expulsa dados potencialmente perigosos.

Conceitos básicos do anti-vírus

Anti-vírus são pacotes de softwares criados para escanear o registro e os arquivos do computador em busca de programas maliciosos em atividade e, então, tentar remover qualquer ameaça encontrada. O anti-vírus pode ativamente procurar e destruir ameaças e possuir definições de vírus que permitirem identificar ameaças específicas.

Comparação

Firewalls e anti-vírus são componentes importantes na segurança da internet. São usados para limitar a entrada de transmissão àqueles menos propensos a conter dados maliciosos, enquanto anti-vírus focam no efeito que a entrada de dados possuem sobre o sistema. Firewalls não podem ser usados para remover ameaças que por ventura vierem a passar por ele.

Maximizando a segurança

Com o intuito de maximizar a segurança na internet, o firewall e o anti-vírus devem ser usados em conjunto. Enquanto dois anti-vírus talvez entrem em conflito, uma vez que firewalls e anti-vírus exercem funções diferentes, podem ser usados em conjunto para aumentar a segurança. Vírus são em sua maioria um problema em computadores que utilizam o Windows. Para tal, a Microsoft desenvolveu um firewall interno para melhorar a segurança.

Segurança versus conveniência

Talvez a maior desvantagem de utilizar anti-vírus e firewalls consiste em quanto mais segurança tentar-se obter na internet, mais restrito o acesso estará propenso a se tornar. O firewall pode ser programado para bloquear agressivamente a entrada de conexões, o que pode limitar ameças, mas também tornar downloads e uploads mais lentos, além de bloquear ou fazer com que programas que funcionam através da internet travem. Alguns programas podem ser definidos como exceções para o firewall, mas desta forma o usuário deve usar o anti-vírus para eliminar qualquer programa malicioso que talvez infecte o computador.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível