×
Loading ...

Dinâmicas de comunicação para supervisores

Atualizado em 23 março, 2017

A maioria das empresas quer que seus gerentes e supervisores tenham uma ótima habilidade de comunicação. Este tipo de habilidade é importante porque os supervisores precisam ser capazes de ouvir as necessidades de seus funcionários, dar instruções claras e repassar as metas de trabalho da organização ou estratégias. Se está planejando um workshop de gestão, não se esqueça de incluir uma ou mais divertidas dinâmicas de habilidade de comunicação.

Dinâmicas de comunicação para supervisores (Comstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Cadeia de imagem

A dinâmica cadeia de imagem é muito similar à brincadeira "telefone sem fio", quando uma frase é sussurrada para as pessoas que estão organizadas em uma fila, e seu significado é drasticamente mudado no momento em que chega na última pessoa. Nesta dinâmica, uma pessoa vê uma fotografia do rosto de diversas pessoas e após observá-la, deve escrever 10 coisas importantes sobre elas. Alinhe os supervisores restantes em uma fileira e peça para a pessoa que visualizou as imagens sussurre os 10 itens para a pessoa à sua direita. Em seguida, um sussurra para o outro e assim por diante. Após a informação ser transmitida para todos, a última pessoa diz ao grupo o que ouviu. a informação é então comparada com a lista inicial dos 10 itens. Este exercício ensina como a informação pode ser facilmente mal interpretada quando passada adiante.

Loading...

Blocos de construção

A dinâmica de construir blocos ensina aos supervisores a comunicação clara e os diferentes tipos de estilos de comunicação. Isso permite que eles pratiquem dar ordens, bem como a oportunidade de ver as coisas do ponto de vista do subordinado. O objetivo deste exercício é fazer com que cada equipe construa uma réplica de um objeto feito com blocos de construção. Divida o grupo em equipes de quatro pessoas, e dê a cada equipe um conjunto de blocos de construção. Cada pessoa terá um papel específico -- o gerente, o administrador, o construtor e o observador. O gerente será o único que poderá ver o objeto principal, e também será responsável por dar instruções claras para o administrador sobre como reconstruí-lo. O administrador transmitirá as instruções para o construtor. O construtor será o único que poderá ver o novo objeto. O observador será responsável por anotar que direções foram eficazes e ineficazes, bem como a forma como todos os membros do grupo trabalharam sob pressão.

Quente-frio

O objetivo da dinâmica quente-frio é ensinar aos supervisores como a comunicação negativa pode impactar nos empregados. Divida o grupo em duplas e peça a um membro de cada time que esconda um objeto, pode ser um grampeador ou pedaço de papel, na sala. O segundo membro da equipe tentará encontrar o objeto ouvindo as direções dadas pelo primeiro membro. Invés de usar as palavras "quente e frio" como a brincadeira, o primeiro membro dará reforços positivos quando o segundo membro estiver perto e reforço negativo quando estiver bem longe do objeto. Um exemplo de reforço negativo é " Não, idiota" ou "Você não está me escutando, qual é o seu problema?

Rasgando papel

O exercício rasgando papel ensina aos supervisores que todos escutam instruções de uma forma diferente. Dê a cada supervisor um grande pedaço de papel e vendas, além de várias instruções consecutivas. As instruções podem ser: "Dobre o papel ao meio e rasgue-o ao meio. Dobre uma das metades em quatro partes, e depois rasgue um canto do papel". No final do exercício, o papel de cada um será diferente, porque todos ouviram as instruções de uma maneira.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...