Doenças ósseas caninas

Escrito por megan smith | Traduzido por ikaro mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Doenças ósseas caninas
As doenças ósseas podem ser dolorosa para os cães (labrador dog image by muro from Fotolia.com)

As doenças ósseas podem ser dolorosas para os cães e as mais comuns acontecem quando eles estão crescendo. Elas também ocorrem mais frequentemente em raças de grande porte, como golden retrievers, labradores e grandes dinamarqueses. Felizmente, a maioria das doenças vai embora por conta própria quando o cão está terminado a fase de crescimento, mas medicações para a dor podem ser necessárias.

Outras pessoas estão lendo

Panosteíte

A panosteíte é a inflamação dos ossos longos em um cão. Seu veterinário pode chamar tal condição de "ossos longos" ou "dores de crescimento". Isso pode acontecer em mais de um osso de uma vez ou causar claudicação em uma perna e depois em outra. A doença desaparece com o tempo, mas pode reaparecer à medida que o animal cresce. Os medicamentos prescritos por seu veterinário podem ajudar o seu cão com a dor.

Osteocondrose Dissecante (OD)

Esta doença ocorre devido a um defeito na cartilagem lisa de uma articulação. Afeta mais comumente os ombros dos cães, mas também pode acontecer no cotovelo, quadril ou joelho. Embora tal condição às vezes possa curar-se por si só, normalmente requer cirurgia para remover a cartilagem defeituosa.

Osteodistrofia hipertrófica (DOH)

A DOH é a inflamação nas placas de crescimento dos ossos longos. Essa doença geralmente traz problemas aos cães enquanto eles estão crescendo e pode ir embora por conta própria, mas o animal pode ter danos permanentes às placas, o que pode resultar em pernas deformadas. Seu veterinário pode prescrever medicamentos para a inflamação e a dor que ela causa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível