Como ecnontrar a função inversa de uma função de crescimento exponencial

Escrito por tricia lobo | Traduzido por luana ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ecnontrar a função inversa de uma função de crescimento exponencial
Saiba como encontrar a função inversa de uma função de crescimento exponencial (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Funções inversas, as quais você encontra frequentemente na álgebra II, são funções que refletem a função original através da linha y=x. Em termos práticos, as funções inversas substituem as coordenadas y pelas coordenadas x e vice-versa. Se a sua função consistir nos pontos (1,2), (0,1) e (-3, 2), a função inversa equivalente será (2,1), (1,0) and (2,-3). Você pode encontrar a função inversa de uma função exponencial do mesmo modo que encontraria sua equivalente em qualquer outro tipo de função algébrica.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Troque o termo x pelo termo y. As funções de crescimento exponencial possuem a forma de y=e^bx. Vamos usar o exemplo de equção y=e^2x. Trocando a variável x por y obtemos x=e^2y.

  2. 2

    Solucione a equação para a variável y para colocá-la em sua forma tradicional. Você pode isolar o termo y ao calcular o logaritmo natural de ambos os lados, obtendo lnx=2y.

  3. 3

    Isole a variável y. Nessa etapa, você deve dividir ambos os lados da equação por 2 para obter y=(lnx)/2.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível