EDTA como ingrediente

Escrito por myriam beltran | Traduzido por thaís silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
EDTA como ingrediente
O EDTA é um ingrediente em alguns remédios, incluindo os anticoagulantes sanguíneos (Prescription medicine image by MAXFX from Fotolia.com)

O químico alemão F. Munz leva o crédito pelo desenvolvimento do EDTA, o qual foi patenteado em 1930 na Alemanha. Do outro lado do globo e quase duas décadas depois, o bioquímico da Universidade de Georgetown, Frederick Bersworth, patenteou o EDTA para a empresa Martin-Dennis em 1949. Atualmente, nos EUA, a "Food and Drug Administration" (Administração de Alimentos e Remédios) e a "Environmental Protection Agency" (Agência de Proteção Ambiental) aprovam o uso do EDTA em vários produtos cotidianos e para o tratamento de algumas doenças.

Outras pessoas estão lendo

Composição e tipos

O ácido etilenodiamino tetra-acético (EDTA) é um agente quelante capaz de ligar íons metálicos pesados. Ele é branco cristalino ou em pó e tem vinte e cinco formas, incluindo sais de amônio, cálcio, cobre, ferro, potássio, manganês, sódio e sais de zinco. Considerando que o EDTA liga-se a traços metálicos, se for ingerido, ele pode causar a deficiência de minerais que o corpo precisa para funcionar corretamente. Sua química irrita levemente a pele e irrita muito os olhos.

Pesticidas

O EDTA é usado em pesticidas e não podem exceder um por centro de um produto se utilizado em casa, e cinco por cento se utilizado como produto agrícola. Por exemplo, o EDTA férrido de sódio é usado em pesticidas de lesmas e caracóis em volta das culturas, de jardins residenciais e em campos de golfe.

Cosméticos e cuidados pessoais

De acordo com a "Environmental Protection Agency", um tipo de EDTA foi usado em 4.000 fórmulas de cosméticos, incluindo sais de banho, loções faciais e maquiagem, produtos para cabelos, como xampus e tintura, sabão de banheira e desodorante. O "Department of Health and Human Services' National Library of Medicine" (Departamento de Serviços Humanos e de Saúde da Biblioteca Nacional de Medicina) dos EUA, fornece em seu site uma lista de produtos usados em casa que contêm diferentes formas de EDTA. Essa lista contêm um número grande de produtos de cabelo.

Remédios

O EDTA cálcio dissódico é usado como um agente sequestrante na fabricação de remédios. O químico também é utilizado nos anticoagulantes sanguíneos. A Organização Mundial de Saúde definiu a ingestão diária desse EDTA cálcio em 2.5 mg/kg em 1974. O EDTA trissódico é utilizado na redução do colesterol do sangue e no tratamento do envenenamento por chumbo e na calcionose, ou em formações de depósitos de cálcio nos tecidos. A "Food and Drug Administration" permitiu o uso do EDTA para tratar o envenenamento por metais pesados. Um paciente toma um alta dose para filtrar os depósitos de metais do corpo.

Indústria Alimentícia

Os fabricantes de alimentos podem usar o EDTA cálcio dissódico e o EDTA dissódico para manter a cor, a textura e o sabor dos produtos alimentícios, assim como para atrasar a formação mineral. Seu uso impacta diretamente na qualidade dos alimentos e sua implementação deve seguir as mesmas instruções dos outros ingredientes. O EDTA dissódico pode ser usado para estabilizar a vitamina B12. Ele também é usado em desinfetantes de superfície na indústria alimentícia.

Têxteis

O EDTA trissódico é usado no tratamento dos têxteis para melhorar as fases de tingimento, limpeza e detergente da produção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível