Efeitos colaterais da ingestão das flores de jasmim

Escrito por judy wolfe Google | Traduzido por carol matos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos colaterais da ingestão das flores de jasmim
O jasmim-amarelo é tóxico para humanos, animais e abelhas (George Marks/Retrofile/Getty Images)

Existem mais de duzentas variedades de plantas pertencentes tanto à família Oleaceae, do jasmim verdadeiro, quanto à família Loganiaceae, do jasmim falso. As flores da primeira são atóxicas, se ingeridas. Dentro da família Loganiaceae, as flores de gelsemium sempervirens Loganiaceae, também conhecidas como jasmim- amarelo, falso-jasmim ou jasmim-Carolina, são altamente venenosas. Quando ingeridas, elas podem causar uma gama de efeitos colaterais em humanos, animais e abelhas.

Outras pessoas estão lendo

Características

O jasmim-Carolina (gelsemium sempervirens) é uma planta nativa comum em todos os estados do sudeste dos Estados Unidos. Essa planta trepadeira que floresce entre os meses de dezembro e maio, possui uma fragrância agradável, e abundantes flores amarelas em forma de trombeta, sendo a flor oficial do estado da Carolina do Sul. Ela é muito requisitada para uso em jardins, no entanto, todas as partes do jasmim-Carolina, incluindo-se as flores, são venenosas. O jasmim-Carolina contém gelseminine, gelsemoidin e gelsemine, alcaloides da família da estricnina, encontrando-se as maiores concentrações nas raízes e flores. O mel feito do néctar das flores dessa planta, de acordo com o Medical Toxicology of Natural Substances e o Mississippi Department of Wildlife, é potencialmente tóxico para o ser humano.

Efeitos colaterais em humanos

Os alcaloides presentes nas flores do jasmim-Carolina podem causar paralisia e morte, se forem ingeridos. Outros efeitos colaterais incluem fraqueza, contração das pupilas, problemas de visão, tontura grave que prejudica o equilíbrio, pálpebras caídas e depressão respiratória. Durante o final do século dezenove, o jasmim-Carolina foi usado para tratar casos de nevralgia, principalmente aquelas associadas a dores de dente.

Efeitos colaterais no gado

O boletim informativo do Mississippi Department of Wildlife intitulado "Questões sobre a vida selvagem" relata que a gelsemium sempervirens é tóxica ao gado. O Serviço de Extensão Agrícola da Universidade do Tennessee diz que o gado consome as flores e plantas no inverno e no início da primavera, quando a opção de outras forrageiras é limitada. Os efeitos colaterais incluem falta de coordenação e convulsões, seguidas de coma e morte.

Efeitos colaterais em cães

O International Doodle Owners Group ( proprietários de cães Golden retriever/Poodle e Labrador) dizem que a ingestão das flores de jasmim pode causar convulsão e morte em cães.

Efeitos colaterais em abelhas

De acordo com o manual do USDA "Diagnóstico das doenças das abelhas melíferas," a exposição ao néctar da gelsemium sempervirens possui efeitos colaterais para as abelhas adultas jovens, bem como para as larvas e pupas nas colmeias. As operárias jovens morrem rapidamente, enquanto as pupas morrem e ficam mumificadas dentro das células. Embora os adultos mais velhos pareçam não ser afetados, a colmeia fica muito enfraquecida à exposição do néctar do jasmim-amarelo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível