Efeitos da inalação de substâncias químicas voláteis presentes na água sanitária

Escrito por michael david velardo | Traduzido por luigi bahia
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Efeitos da inalação de substâncias químicas voláteis presentes na água sanitária
O cloro é uma substância fortemente antibiótica que evapora livremente da água sanitária (All Photos Wikimedia Commons)

A inalação dos gases que emanam da água sanitária não é algo que você gostaria de fazer de bom grado. No entanto, há situações em que eles serão inalados. As exposições brandas não devem causar danos. O produto, no entanto, deve ser utilizado com cautela. Inalar tais gases pode causar problemas físicos.

O que é a água sanitária?

Conhecida muito bem pelo nome da principal marca desse produto no mercado, a Qboa, seu nome químico é hipoclorito de sódio. A Qboa é um alvejante que contém entre três a seis por cento de hipoclorito de sódio, o ingrediente ativo da água sanitária.

O hipoclorito é o desinfetante mais amplamente disponível no mundo, de acordo com o site "Facts about Bleach", publicado pela The Clorox Company. Seu uso em todo o mundo como um desinfetante tem contribuído significativamente para a redução de germes em hospitais, residências e outros habitats.

Efeitos da inalação de substâncias químicas voláteis presentes na água sanitária
A água sanitária é cientificamente conhecida como hipoclorito de sódio ou por vezes simplesmente hipoclorito

Como é feito o alvejante?

O hipoclorito de sódio é de coloração verde-claro e também é conhecido como lixívia de soda e alvejante líquido, além do comum água sanitária. Quimicamente, ele é representado como NaOCl. O hipoclorito de sódio é feito com soda cáustica ou hidróxido de sódio (NaOH) retratado. O hidróxido de sódio é uma substância muito corrosiva e pode causar sérias queimaduras. A lixívia é processada usando hidróxido de sódio e gás (ou uma solução líquida) cloro, numa reação química conhecida. Quando arrefecido, o alvejante forma hipoclorito de sódio — o princípio ativo da Qboa.

O hipoclorito é encontrado em diferentes estados físicos, tais como um sólido ou líquido, dependendo das suas utilizações.

Efeitos da inalação de substâncias químicas voláteis presentes na água sanitária
Também é possível obter hipoclorito em formas sólidas

Usos do hipoclorito

A água sanitária é usada em várias aplicações em nossas vidas. Algumas das aplicações mais comuns são na desinfecção, higienização, controle de odor, a cloração da água potável e de piscinas, limpeza de roupas e no controle de bactérias. O alvejante é comum em todo o mundo e elogiado por suas propriedades antibacterianas e antivirais.

As instituições como hospitais e asilos contam com água sanitária para desinfetar o local, sendo o produto amplamente utilizado em restaurantes para desinfecção de utensílios, equipamentos de preparação de alimentos e muito mais.

Efeitos da inalação de substâncias químicas voláteis presentes na água sanitária
O hipoclorito é comum em todo o mundo

Perigos de inalar vapores de hipoclorito

A exposição esparsa e pontual a gases oriundos da água sanitária geralmente não causa grandes problemas. No entanto, como o hipoclorito de sódio é um agente oxidante que contém cloro, a substância pode causar irritação das vias respiratórias, bem como queimaduras na pele. A companhia Clorox de alvejantes adverte em seu manual de segurança de produtos:

"Corrosivo para os olhos; pode causar irritação ou danos graves para os olhos e pele. Nocivo caso ingerido. Náuseas, vômitos e sensação de queimação na boca e garganta podem ocorrer. Os seguintes problemas médicos podem se agravar pela exposição a altas concentrações de gases de hipoclorito: doenças cardíacas ou problemas respiratórios crônicos, como asma, bronquite crônica ou doença pulmonar obstrutiva. Alguns relatórios clínicos sugerem um baixo potencial de sensibilização da pele após a exposição exagerada ao hipoclorito de sódio, principalmente sobre a pele danificada ou irritada. Efeitos adversos para a saúde não são esperados com o uso recomendado."

Outros avisos

Nunca misture a água sanitária com ácidos ou quaisquer produtos químicos amoníacos, como aminas. Um gás cloreto muito perigoso será produzido, que pode ser até mortal. Não descarte o alvejante indiscriminadamente, pois ele pode causar combustão espontânea quando em contato com madeira, panos e outros materiais.

Ao trabalhar com alvejantes, você deve ter uma ventilação adequada, usar roupas de proteção em caso de derrames e usar luvas de borracha ao manusear o líquido. No caso de derramamentos, é possível neutralizar o alvejante com sulfureto de sódio, sulfito de sódio ou solução de sódio. Se este líquido lhe atingir em suas mãos ou em seus olhos, lave com água abundantemente.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível