Mais
×

Como ensinar bons modos para crianças

Atualizado em 17 abril, 2017

As crianças estão em uma fase de suas vidas em que estão no processo de aprendizagem das habilidades sociais necessárias para prosperar como membros da sociedade. É imperativo que os pais, responsáveis e figuras de autoridade incentivem e exibam bons modos para que elas possam aprender o que significa ser uma pessoa bem-educada. Com a devida orientação, as crianças podem aprender a exercer a etiqueta apropriada em uma variedade de situações sociais.

Bons modos preparam crianças para o sucesso na vida adulta (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Bom exemplo

Crianças baseiam-se no comportamento dos outros através do processo de aprendizagem por observação, por isso é importante dar o exemplo de bons modos que você deseja que eles dominem. Ao verem que você educadamente recebe convidados em sua casa, trata os outros com respeito e pratica boas maneiras à mesa, eles irão fazer isso também. Por outro lado, se instruí-los a se comportar de uma maneira educada e, em seguida, tratar os outros com desrespeito, eles ficarão confusos e irão começar a questionar se bons modos são realmente necessários.

Recompensando

As crianças também aprendem a distinguir entre comportamentos adequados e inadequados com base em qual atitude resulta em recompensa, e qual resulta em punição. Uma criança que recebe um caloroso encorajamento ao cumprimentar educadamente um convidado em sua casa será mais propensa a repetir essa atitude no futuro. Ao se empenhar para ensinar a etiqueta adequada à mesa, informe-as com antecedência que se elas se comportarem bem, elas poderão tomar sorvete na volta para casa ou ganhar meia hora a mais para assistir televisão, enquanto maus modos irão resultar em nenhum sorvete ou privilégios de televisão à noite. Seja consistente com suas promessas de recompensa e punição; uma criança que é informada que boas maneiras à mesa resultarão em sorvete e é recompensada dessa forma mesmo não tendo cumprido o acordo irá aprender que não é realmente preciso ter etiqueta à mesa.

Verbalizar expectativas

Algumas crianças podem não reconhecer que um comportamento social em particular é inadequado a menos que você diga abertamente que comportamento espera delas. Se já tiver tentado reforçar alguma atitude, como dizer: "obrigado", em cenários apropriados e acha que o seu filho ainda não está se comportando de uma forma socialmente adequada, tente puxá-lo de lado e explicar: "Quando as pessoas fazem coisas boas por nós, é educado dizer 'muito obrigado'. "Então, faça perguntas como:" O que você diz quando alguém faz um favor?" e "Se você deixou cair o seu brinquedo e eu peguei para você, o que você deve me dizer?" para garantir que a criança entendeu a lição.

Reformular e Corrigir

A melhor época para corrigir a linguagem social e comportamentos mal educados é assim que ocorrerem. Da próxima vez que seu filho disser algo rude, como "Eca! Odeio quando você faz essa salada nojenta!" explique de imediato que a coisa mais educada a se dizer seria: "Eu não gosto muito com ervilhas. Será que eu posso comer cenouras no lugar?" Se o seu filho se levanta e diz em voz alta e diz que tem que fazer cocô, diga "O que você acabou de dizer foi realmente inapropriado. Da próxima vez, eu quero que você diga em voz baixa: "Eu preciso usar o banheiro". Se o seu filho pegar o brinquedo de outra criança, vá imediatamente até ele e diga algo como: "Isso foi muito grosso. Você não ia gostar que o Pedrinho pegasse seu brinquedo sem pedir. Devolva e peça educadamente se ele pode te emprestar". Então, fique por perto até que a criança retorne o brinquedo e pergunte educadamente: "Eu posso brincar com este caminhão agora? Nós podemos dividir e brincar juntos, se quiser".

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article