×
Loading ...

Como lidar com uma criança que cospe

Atualizado em 17 abril, 2017

Independentemente do motivo pelo qual seu filho cospe, ele ganha atenção quando faz isso pela primeira vez, e você quer que ele pare. Diferentes razões motivam esse comportamento e deixam os pais sem saber como agir. Ninguém está preparado para isso, mas você pode lidar com o problema e minimizar a chance de isso se tornar um desafio de longo prazo. As crianças usam esses comportamentos inadequados para sinalizar problemas, então responda de forma apropriada ao problema, sugere a Universidade de Purdue. Ao identificar a causa e controlar a sua própria reação ao problema, é possível resolvê-lo.

Instruções

Os pais não precisam ficar especulando sobre o motivo das cuspidas se souberem ler os sinais que o filho envia (Comstock/Stockbyte/Getty Images)
  1. Observe padrões que antecedam a cuspida. Atente-se, por exemplo, ao que ele estava fazendo imediatamente antes de cuspir, com quem estava brincando e o ambiente onde isso ocorreu. Identificar os componentes associados ao ato podem ajudar a isolar o causador dele. Alguns desses motivos podem ser fadiga, raiva, tédio e fome, e conhecê-los lhe possibilita criar estratégias de prevenção.

    Loading...
  2. Ensine à criança algumas habilidades para resolução de conflitos, pois ela pode fazer isso em reação a brigas com colegas, irmãos ou pais. Os conflitos são inevitáveis para elas, que por sua vez podem não ter a capacidade de resolvê-los sem ajuda. Crie oportunidades para a criança praticar revezando-se com ela e usando palavras para comunicar frustração, pedidos de desculpas e compartilhamento, sugere o site KidsHealth. Demonstre essas habilidades nas suas próprias interações com as outras pessoas.

  3. Ajude seu filho a verbalizar as emoções fortes, como raiva ou inveja, quando o ato de cuspir é precedido por elas. Incentive-o a falar sobre o que houve. As crianças pequenas podem precisar de ajuda para explicar os sentimentos. Você pode dizer, por exemplo "você ficou bravo porque não consegui ajudá-lo a encontrar seu carrinho. Todos ficam com raiva às vezes, mas você não pode cuspir por isso". Explore alternativas para quando ele ficar nervoso e peça a opinião dele.

  4. Crie opções apropriadas à idade do seu filho para ajudá-lo a se controlar. Ele pode fazer isso por não ter autocontrole e cuspir como uma resposta inconsequente. Ao oferecer escolhas, ele poderá se sentir independente e passar a confiar mais em sua capacidade de se segurar. Por exemplo "sei que você não gosta de escovar os dentes, mas você prefere fazê-lo antes de lermos uma história ou depois de tomar banho?".

  5. Avise à criança que cuspir é um comportamento inaceitável, e faça isso aplicando uma consequência imediata com a voz calma e firme. Explique que "cuspir é falta de respeito e é um comportamento rude. Nessa família, não fazemos isso, pois isso magoa as pessoas e faz com que você se sinta mal". Em seguida, deixe-o de castigo no quarto ou em outro local.

Loading...

Dicas

  • Limite as escolhas oferecidas à criança para duas e vá aumentando esse número à medida que ela começar a perceber a relação entre escolhas e consequências.

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...