Erupções de pele em bebês de 6 a 36 meses de idade

Escrito por rachel murray | Traduzido por max jahnke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Erupções de pele em bebês de 6 a 36 meses de idade
Os bebês possuem uma pele macia e lisinha (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Os bebês são bem conhecidos por sua pele lisinha e sem manchas. No entanto, eles podem desenvolver erupções assim como os adultos. Identificar a causa da erupção de um bebê é o primeiro passo para encontrar o tratamento adequado. As erupções encontradas em crianças com idade entre seis a 36 meses são frequentemente o resultado de fatores ambientais ou infecções, cada uma exigindo um plano de tratamento específico.

Outras pessoas estão lendo

Erupções por irritação

As erupções em bebês são, por vezes, resultado de uma irritação na pele, o que pode ser causado por vários motivos. As causas mais comuns são alergias, sabonetes, tecidos, detergentes ou loções. Os agentes irritantes podem causar uma erupção cutânea leve caracterizada por inchaços vermelhos ou uma erupção mais grave envolvendo bolhas e tumefação. Um exemplo de uma erupção cutânea comum causada por uma irritação em bebês de seis meses a 36 meses são as assaduras. Elas ocorrem no bumbum de um bebê devido à introdução de novos alimentos na dieta da criança, ingestão de antibióticos ou mudanças pouco frequentes das fraldas. A melhor maneira de tratar erupções de assaduras é deixar a área afetada descoberta sempre que possível e aplicar uma pomada específica para proteger a pele.

Erupções cutâneas virais e bacterianas

As infecções bacterianas ou virais podem provocar vários sintomas em bebês, incluindo erupções cutâneas. A roséola, uma infecção viral comum entre os seis meses aos dois anos de idade, causa febre alta seguida por uma erupção cutânea em todo o corpo, segundo o site Kids Health. A febre aftosa humana, uma outra infecção viral que afeta bebês e crianças, provoca uma erupção dolorosa com bolhas e protuberâncias. O impetigo, uma infecção bacteriana comum em crianças muito jovens devido à sua natureza contagiosa, é causado por estafilococos e resulta em uma erupção cutânea com bolhas, de acordo com o site da MedicineNet. É necessária a prescrição de cremes ou antibióticos para tratar as erupções cutâneas causadas por infecções .

Erupções de doenças cutâneas crônicas

A erupção pode ser um sintoma de uma doença de pele, tal como o eczema, que provoca pele vermelha, seca e irritada na face e membros. Ela é normalmente desencadeada por fatores como alergia, calor e estresse. A maioria das crianças tem uma melhora na pele por volta dos cinco ou seis anos de idade, mas o reaparecimento do eczema pode ocorrer durante a puberdade, afirma o site Kids Health. Outras condições de pele que afetam os bebês incluem acne infantil e psoríase. As doenças crônicas de pele, como eczema, são normalmente tratadas com cremes corticosteroides.

Erupções perigosas

As erupções cutâneas causadas por doenças que ameaçam a vida necessitam de atenção médica imediata. Doenças fatais que apresentam esses sintomas em crianças incluem a Meningococemia, caracterizada por uma erupção cutânea causada por trincas capilares sob a pele. Outros sintomas incluem náuseas, dor de cabeça e dores musculares, segundo o site Medicine Health. As crianças são especialmente suscetíveis a essa condição, pois a bactéria se espalha a partir do nariz e da boca, deixando os indivíduos que não têm hábitos de boa higiene, como crianças, mais suscetíveis. Outra doença fatal, a síndrome do choque tóxico causada pela bactéria Staphylococcus, provocará uma erupção semelhante a uma queimadura de sol.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível