Mais
×

Como fazer um esboço para uma redação argumentativa

Redações são textos em que as ideias são comunicadas na forma de escrita acadêmica. Existem vários tipos de redações, mas as duas mais comuns são expositiva e a argumentativa. A primeira tenta explicar uma visão, colocando-a em contexto (escritor imparcial); a outra deseja provar uma questão ou declaração realizada pelo escritor (escritor parcial). A clareza ao escrever um ensaio é importante, pois faz com que a questão discutida seja acessível ao leitor. Criar um esquema lógico para a sua redação irá melhorar a clareza da sua escrita.

Instruções

Como escrever uma redação argumentativa (Comstock/Stockbyte/Getty Images)
  1. Inicie o esboço de seu argumento pensando em como o tema será introduzido para o leitor. Sem uma introdução, o tema está perdido. Exponha sua intenção com clareza. Às vezes, iniciar uma redação colocando a questão que deseja provar entre aspas é uma maneira fácil de começar. Certifique-se de não começar tentando explicar por que você acredita no seu argumento nesta parte, mas use esta seção para mostrar como você irá prová-lo. Enfatize certos debates anteriores sobre o tema, ou simplesmente discuta por que esse argumento é relevante.

  2. Apresente os argumentos. Isto é chamado de desenvolvimento. É claro que, para escrever esse tipo de redação, é preciso ter argumentos com os quais você possa provar a afirmação inicial. Estes são provenientes de sua própria experiência, a partir de artigos e livros já lidos, ideias de outras pessoas, etc. Normalmente, dois ou três argumentos são usados ​​nesse tipo de trabalho. Lembre-se que eles devem focar em provar por que a afirmação é verdadeira, e não devem se desviar muito do tópico em questão. Mais especificamente, um argumento é composto de certos fatos, ou de um único fato, que apontem para a veracidade da ideia do escritor. Você pode começar cada argumento com proposições de tempo, tais como: em primeiro lugar, em segundo lugar, em terceiro lugar, por fim, para começar, etc.

  3. Complete o ensaio com a conclusão. Esta parte geralmente reitera a declaração e reafirma as principais ideias dos argumentos individuais - por exemplo: "Então, x é verdade, porque, como já demonstrado, Y e Z também são verdades." Isso reforça o seu argumento e realmente chama a atenção do leitor.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article