Como escrever uma carta para a anulação de um casamento

Escrito por natalie smith | Traduzido por marcos vinicios de araújo barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como escrever uma carta para a anulação de um casamento
As testemunhas devem atestar que o casamento do casal era inválido (Pixland/Pixland/Getty Images)

A Igreja Católica não acredita em divórcio, mas, sob algumas circunstâncias, a anulação pode ser concedida. Esse processo anula o casamento, o que significa que ele nunca existiu. Para ter motivos para a anulação, o casal não deve ter sido capaz de entrar em um casamento válido por um motivo definido pela igreja, como serem pressionados a casar ou se forem parentes próximos. Como parte do processo de anulação, o requerente pedirá testemunhas para atestar que o casamento era inválido. As testemunhas costumam declarar o que sabem em uma carta enviada ao tribunal.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Leia as instruções de anulação que serão enviadas para você. O processo é o mesmo em cada diocese para testemunhar sobre o casamento do peticionário, mas algumas irão fornecer um formulário para ser preenchido e outras pedirão que você escreva uma carta.

  2. 2

    Escreva seu endereço na parte superior da carta, sem o seu nome. Pule uma linha. Digite a data. Pule outra linha. Escreva o nome da pessoa responsável pelo tribunal, cargo e endereço do escritório da igreja. Pule essa parte se for pedido a você para escrever a carta à mão no formulário, porque ela irá ocupar espaço.

  3. 3

    Escreva o nome e o cargo da pessoa responsável pelo tribunal, seguido pelo seu título. Pule uma linha.

  4. 4

    Comece a carta com o nome do requerente e do seu cônjuge e apresente-se. Explique como e há quanto tempo você conhece o casal.

  5. 5

    Fale sobre o casamento do casal e os motivos para a anulação. Dê exemplos específicos do que você testemunhou para dar credibilidade às alegações do peticionário que o casamento é inválido ou, se você não concordar que a anulação deva ser concedida, explique que o matrimônio não cumpre os motivos que a igreja determina para a anulação. Pense em dois ou três exemplos pertinentes, mas tente manter a carta em duas páginas.

  6. 6

    Agradeça o representante do tribunal pela atenção recebida e deixe suas informações de contato, como seu endereço e número de telefone. Ele pode precisar dessa informação mais tarde no caso de você ser chamado para esclarecer seu testemunho.

  7. 7

    Escreva "Respeitosamente" e, em seguida, seu nome. Se você estiver digitando a carta, pule várias linhas antes de digitar seu nome e assine com uma caneta de tinta azul ou preta.

  8. 8

    Faça uma cópia da carta e a mantenha em seus registros. Envie a original para o endereço indicado no formulário ou nas instruções.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível