×
Loading ...

Como escrever uma carta para a anulação de um casamento

Atualizado em 17 fevereiro, 2017

A Igreja Católica não acredita em divórcio, mas, sob algumas circunstâncias, a anulação pode ser concedida. Esse processo anula o casamento, o que significa que ele nunca existiu. Para ter motivos para a anulação, o casal não deve ter sido capaz de entrar em um casamento válido por um motivo definido pela igreja, como serem pressionados a casar ou se forem parentes próximos. Como parte do processo de anulação, o requerente pedirá testemunhas para atestar que o casamento era inválido. As testemunhas costumam declarar o que sabem em uma carta enviada ao tribunal.

Instruções

As testemunhas devem atestar que o casamento do casal era inválido (Pixland/Pixland/Getty Images)
  1. Leia as instruções de anulação que serão enviadas para você. O processo é o mesmo em cada diocese para testemunhar sobre o casamento do peticionário, mas algumas irão fornecer um formulário para ser preenchido e outras pedirão que você escreva uma carta.

    Loading...
  2. Escreva seu endereço na parte superior da carta, sem o seu nome. Pule uma linha. Digite a data. Pule outra linha. Escreva o nome da pessoa responsável pelo tribunal, cargo e endereço do escritório da igreja. Pule essa parte se for pedido a você para escrever a carta à mão no formulário, porque ela irá ocupar espaço.

  3. Escreva o nome e o cargo da pessoa responsável pelo tribunal, seguido pelo seu título. Pule uma linha.

  4. Comece a carta com o nome do requerente e do seu cônjuge e apresente-se. Explique como e há quanto tempo você conhece o casal.

  5. Fale sobre o casamento do casal e os motivos para a anulação. Dê exemplos específicos do que você testemunhou para dar credibilidade às alegações do peticionário que o casamento é inválido ou, se você não concordar que a anulação deva ser concedida, explique que o matrimônio não cumpre os motivos que a igreja determina para a anulação. Pense em dois ou três exemplos pertinentes, mas tente manter a carta em duas páginas.

  6. Agradeça o representante do tribunal pela atenção recebida e deixe suas informações de contato, como seu endereço e número de telefone. Ele pode precisar dessa informação mais tarde no caso de você ser chamado para esclarecer seu testemunho.

  7. Escreva "Respeitosamente" e, em seguida, seu nome. Se você estiver digitando a carta, pule várias linhas antes de digitar seu nome e assine com uma caneta de tinta azul ou preta.

  8. Faça uma cópia da carta e a mantenha em seus registros. Envie a original para o endereço indicado no formulário ou nas instruções.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...