Especificações do motor Audi 1.8 Turbo

Escrito por james rutter | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Especificações do motor Audi 1.8 Turbo
Ao contrário da maioria dos carros, que adota o padrão de quatro válvulas por cilindro, o Audi 1.8 T utiliza cinco (Car's wheel image by Fenia from Fotolia.com)

A Audi, subsidiária da Volkswagen, usou o motor turbo 1.8, conhecido como 1.8T, pela primeira vez em 1997, no Audi A4. Ao contrário da maioria dos carros, que adota o padrão de quatro válvulas por cilindro, este motor utiliza cinco. Depois do sucesso desse modelo, a Audi empregou esse mesmo motor em outros carros. A produção do 1.8T foi descontinuada em 2006, quando foi criado o motor 2.0 TFSI.

Outras pessoas estão lendo

Disponibilidade do modelo

A primeira versão do motor 1.8T foi instalada pela Audi no modelo A4, entre os anos de 1997 e 2000. Os Audi A4 produzidos entre 2001 e 2005 utilizavam uma segunda versão desse motor, assim como os A3 vendidos fora dos Estados Unidos entre 1999 e 2005. No ano 2000, a Audi começou a oferecer uma variação desse modelo, com 180 hp, nos modelos TT Coupe e TT Roadster. De 2001 a 2006, os veículos da linha TT usavam versões deste motor com 180 ou 225 hp.

Audi A4 de 1997 a 2000

A Audi fez o motor 1.8T original com um bloco de ferro e cabeçote de liga de alumínio. Os pistões possuíam diâmetro de 80,0 milímetros, curso de 85,0 mm e taxa de compressão de 9,5:1. Este motor possuía sistema de injeção de combustível multiponto, duplo comando no cabeçote e cinco válvulas por cilindro. Gerava 150 cv a 5.700 rpm e 210 Nm de torque a 1.750 rpm.

Audi A4 de 2001 a 2005

A versão deste motor fabricada entre 2001 e 2005 usava o mesmo bloco de ferro e cabeçote de liga de alumínio da versão anterior. O diâmetro dos pistões também era de 80,0 milímetros, e o curso, 85,0 mm. Este motor usava duplo comando de válvulas no cabeçote, com cinco válvulas por cilindro e injeção eletrônica sequencial.

A Audi reconfigurou os cilindros para diminuir a taxa de compressão para 9,3:1. Segundo o Cars.com, a Audi também ajustou o turbocompressor para fornecer mais pressão em rotações menores. Estas mudanças aumentaram a potência do 1.8T para 170 hp a 5.900 rpm e o torque para 225 Nm a 1.950 rpm.

Audi A3

Os Audi A3 que foram vendidos entre os anos de 1999 e 2005, fora dos EUA, usavam este motor 1.8T, com diâmetro de cilindro de 80,0 milímetros e curso de 85,0 mm. A taxa de compressão era de 9,5:1. Esses motores tinham injeção eletrônica multiponto, duplo comando de válvulas no cabeçote e quatro válvulas por cilindro. Essa versão do 1.8T produzia 177 hp a 5.500 rpm e 234 Nm de torque a 1.900 rpm.

Audi TT

A Audi ofereceu duas configurações do 1.8T para seus modelos TT Coupe e Roadster. Ambos eram feitos com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio, pistões de 80,0 milímetros de diâmetro e 85,0 mm de curso e 1.781 cc. Estes motores possuíam injeção eletrônica sequencial multiponto, duplo comando de válvulas no cabeçote e cinco válvulas por cilindro.

A primeira versão desse motor tinha taxa de compressão de 9,5:1 e produzia 180 hp a 5.500 rpm e 234 Nm de torque a 1.950 rpm. A montadora reconfigurou a segunda versão para obter uma taxa de compressão de 9:1. Esse motor produzia 225 hp a 5.900 rpm e 280 Nm de torque a 2.200 rpm.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível